Distúrbios no Banco de Urgência HBS devido ao tempo de espera

23/02/2015 07:51 - Modificado em 23/02/2015 07:51

sistema de TriagemA Policia Nacional tem sido accionada para repor ordem no Hospital Baptista de Sousa devido a frequentes desentendimentos causados por doentes e acompanhantes de pacientes. Os motivos dos vários desentendimentos advêm do longo tempo de espera no Banco de Urgência do HBS

No  Banco de Urgência do Hospital Baptista de Sousa tem sido necessária a intervenção da Policia Nacional para manter a  ordem. Isto devido a frequentes distúrbios motivados por descontentamentos, por parte dos acompanhantes e doentes que se  mostram descontentes com a implementação do sistema de Triagem de Manchester que segundo os mesmos veio aumentar ainda mais o tempo de espera dos pacientes.

O sistema de Triagem de Manchester implementado pelo Hospital Baptista de Sousa desde o mês de Novembro do ano passado, não parece agradar aos doentes e acompanhantes. Embora não  se  mostrem contra a medida ,   os entrevistados consideram que a triagem não tem sido feita da melhor forma e  que ,  por isso , tem  provocando descontentamento e indignação no seio dos que procuram o BU.

Mário Gonçalves acompanhante, mostra-se indignado com o serviço do Banco de Urgência . Pois ,  a introdução do sistema de Triagem de Manchester veio condicionar, ainda mais, o longo tempo de espera dos pacientes no BU. “ Não é possível que um doente aguarde mais de 5 horas para ser atendido numa unidade de saúde que se chama  Banco de Urgência”.

Indignada e muito critica, Daniela acusa o HBS de não cumprir o tempo de espera estipulado pelo sistema de triagem. A entrevistada considera que  em vários países o sistema tem sido bastante eficiente, mas a medida de classificação dos doentes no HBS deixa muito a desejar e contribui para deixar os pacientes e os acompanhantes impacientes, indignados e stressados de tanto esperar.

Segundo a entrevistada eram 16 horas e 10 minutos que a mãe deu entrada no Banco de Urgência com fortes dores nas costas, foi atendida por uma enfermeira que lhe colocou uma pulseira da cor amarela. De acordo com o sistema o doente deveria aguardar no máximo 60 minutos, mas teve que aguardar mais de três horas para ser atendida.

A mesma conta que o irmão, indignado com a situação e aflito por ver a mãe cheia de dores á espera de para ser atendida, entrou em conflito com um dos funcionários, tiveram que chamar a Policia. Daniela acusa os agentes da PN de maltratar o irmão.

Abraão acredita que o hospital deverá estudar outras medidas porque o sistema não irá funcionar enquanto o hospital não apostar em funcionários mais competentes e profissionais.

O Sistema de Manchester classifica o paciente de urgente e não urgente, conforme explica o sistema em vigor. A fita vermelha significa que o paciente é emergente e o tempo de espera é zero minutos. Fita cor de laranja, o paciente é muito urgente e deverá aguardar no máximo 10 minutos, enquanto que a amarela é urgente e deverá esperar no máximo 60 minutos. Fita verde é pouco urgente e deverá aguardar cerca de 120 minutos no máximo e a azul, não urgente pelo que deverá esperar no máximo 240 minutos.

  1. Nadia

    O problema desse sistema são os enfermeiros que colocam as pulseiras,não sabem o quer dizer a palavra urgente.
    Esperar mais de 240 mn é demais.

  2. CidadaoCV

    Pois é … Uma medida que devia melhorar o atendimento, está a revelar-se num autêntico fracasso. Por uma questão muito simples: – Laxismo. Os “nossos” médicos e enfermeiros são muito abusados, não respeitam a dignidade da pessoas que recorre ao atendimento hospitalar. Quem vai a serviço de urgência, não vai por “feeling”, não vai por “abuse de corp”, vai porque realmente está a precisar de cuidados.

  3. rodrigues

    é verdade o sistema introduzido no banco urgencia de baptista sousa esta mal, aconteceu comigo, estava com uma hipertensão e com fortes dor cabeça teve que esperar 5 oras ate que a dor falou mais alto e teve de abandonar o banco e saiu a a procura de uma outra urgencia, caso contrario um AVC podia panham, assim kgent ta morre de enfarte

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.