Os professores avançam com greve nacional e ameaçam congelar notas

23/02/2015 07:49 - Modificado em 23/02/2015 07:49

greveCaso o governo não publique no Boletim Oficial as reivindicações feitas pelos professores, estes por sua vez, estão mais do que nunca, decididos a avançar, com greve nacional.

As negociações, que vinham decorrendo, entre os sindicatos dos professores e o Ministério da Educação mediadas pela Direcção-Geral do Trabalho falharam, pelo que,  vai mesmo, haver greve nacional já na próxima semana, 24 e 25 de Fevereiro.

 Jorge Cardoso, Secretário Permanente dos Sindicatos Nacionais dos Professores, diz que “não há resolução dos pendentes, não há um tempo para essas resoluções, de modo que, não há nenhuma outra alternativa, que não seja avançar para a greve, que terá o seu início no dia 24 de Fevereiro às 7 horas e 30, de manhã, até às 19 horas, do dia 25”.

 Mas, os professores deixaram uma porta entreaberta dizendo que para que não haja greve o governo tem de cumprir com o que prometeu:  requalificações, progressões, entrada no quadro profissionalizado e subsídio pela não redução da carga horária, Os Sindicatos dos professores ameaçam que no caso da greve nacional, não surtir efeito vão congelar as notas dos alunos no fim do segundo trimestre do ano lectivo.

  1. mateus

    e é por uma causa justa. A ministra enviou uma carta a todos os professores tentando manipular a classe , mas mostramos que não cedemos a pressões por parte do ministério de Educação. É agora ou nunca. Viva os professores

  2. professor

    professores nunca estiveram tao bem como agora, calro que ainda tem problemas por resolver, querem eh digniri a sustentabilidade do sistema de ensino, todo o mundo sabe das nossas dificuldades de hoje e cabo verde nao eh so de professores mas enfim eh tb politiquisse Mpd sabe que fazendo isso te tra proveito e es prefessores de mpd te tude mitid nisso, umcre oia conde es tiver te passa tres mes sem salario moda ha uns anos atras

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.