Caçubodistas atacam moradores de Espia

10/04/2012 00:15 - Modificado em 10/04/2012 00:15

Os moradores de Espia que residem nas imediações da escola de EBI estão preocupados com a onda de assaltos que assola a zona. Pois a fraca iluminação existente na área proporcionou um ambiente propício para os caçubodistas. Segundo o que apuramos várias pessoas já foram assaltadas por larápios que se escondem nos becos dessa zona.

O NN apurou que o caçubodi regressou a zona de Espia, pois nas últimas semanas vários moradores foram atacados à caminho de casa. As causas estão relacionadas com da fraca iluminação existente na zona. De acordo com os moradores neste momento reina um sentimento de insegurança no seio dos residentes. Porque alguns gatunos estão a beneficiar da escuridão nas imediações da escola de EBI para praticarem os seus delitos.

A verdade é que algumas pessoas, com medo de serem assaltadas, preferem refugiar-se nas suas casas, invés de saírem a rua. Porque os caçubodistas escondem-se nas esquinas à espera do momento certo para atacar os transeuntes.Segundo o que apuramos já não se pode andar sozinho nalgumas áreas de Espia após o período das 19 horas. Por outro lado os gatunos estão a actuar encapuçados para esconder a sua identidade.

De acordo com uma vítima “ fui fazer compras numa mercearia e no regresso para casa fui atacada por três rapazes encapuçados. Tentei pedir socorro, mas eles taparam-me a boca. Na sequência do ataque levaram o meu telemóvel, os meus brincos e quinhentos escudos do troco das compras”.

Os larápios não têm dado tréguas aos moradores, já que apercebem-se do fraco movimento de pessoas nas ruas de Espia e sua audácia dá-lhes para atacar qualquer cidadão. Mas, há casos de moradores que foram agredidos porque os assaltantes não os encontrou com qualquer objecto de valor. Segundo H. Santos “ fui atacado por cinco indivíduos. Eles pediram dinheiro e outros objectos, mas como só tinha as minhas chaves no bolso levei socos na cara e pontapés no corpo. Porque segundo eles quem estiver de bolsos vazios terá que levar uma sova”.

Por isso os moradores pedem que as autoridades policiais que façam patrulhas regulares nas imediações da escola de EBI. Porque para os residentes esta será forma de acabar com os ataques dos larápios. Já que alguns caçubodistas fizeram do local uma área propícia para sustentar o seu vício.

  1. Marcos

    És ta tud doid!

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.