Scolari abandona banco com vergonha dos seus jogadores

16/02/2015 09:25 - Modificado em 16/02/2015 09:25
| Comentários fechados em Scolari abandona banco com vergonha dos seus jogadores

ScolariA direção do Grémio de Porto Alegre anunciou este domingo que está à procura de reforços, depois de o treinador Luiz Felipe Scolari ter abandonado o banco em protesto contra os seus próprios futebolistas.

“Temos de nos reforçar. Não ignoramos isso. É lógico que o Grémio irá ao mercado, mas vamos fazê-lo com critérios”, garantiu o presidente do clube, Romildo Bolzan, logo após Scolari ter criticado a debilidade da sua equipa e ter exigido contratações, na sequência da derrota caseira por 1-0 com o Veranópolis.

O anúncio responde às críticas de Scolari, que chegou ao banco do Grémio no verão do ano passado depois de ser despedido da seleção brasileira na sequência da humilhação que foi a prestação da ‘canarinha’ no Mundial2014, com a derrota por 7-1 com a Alemanha.

O antigo selecionador de Portugal perdeu a paciência com os seus pupilos no sábado pelo desaire contra um adversário modesto.

Foi a segunda derrota consecutiva do Grémio no torneio regional do estado do Rio Grande do Sul, cuja capital é Porto Alegre. A equipa tem seis pontos em cinco jogos e, por isso, poucas hipóteses de avançar para as meias-finais.

Scolari abandonou o banco no sábado e dirigiu-se aos balneários quatro minutos antes do fim do encontro, explicando posteriormente que teve essa atitude para poder “arrefecer a cabeça”.

“Eu mesmo me expulsei. Sofrer algo mais vergonhoso do que isto é impossível. A equipa não fez nada do que peço nos treinos”, alegou.

O treinador brasileiro disse ainda que os adeptos têm razão ao assobiar o seu clube e que está tão envergonhado como os seguidores.

 

jn.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.