António Manuel à espera de justiça

16/02/2015 08:40 - Modificado em 16/02/2015 08:40

tonyAntónio Manuel, Toni, mostra-se revoltado e desiludido com a justiça cabo-verdiana.Tem este sentimento de injustiça porque não está a ser cumprida uma sentença do Tribunal de São Vicente relativamente ao pagamento de uma indemnização. Em 2001, num desentendimento, acabou por ficar paraplégico. O seu caso, como conta, foi julgado e só oito anos depois conheceu a sentença que exigia o pagamento de uma indemnização por parte do agressor. Mas conta que até agora, catorze anos depois do acidente e quatro anos depois da sentença, esta ainda não foi cumprida.

“É uma revolta pois não entendo a razão do incumprimento. Sinto-me injustiçado e humilhado”, desabafa. É uma quantia de mil e oitocentos contos que ficou por receber. E com os problemas de saúde que advêm da sua condição, não esconde que a quantia a receber seria de grande ajuda. “Se sou indemnizado posso correr atrás da minha saúde porque ainda estou novo”.

“Globalmente estou dentro de um problema e o meu problema traz-me problemas”, diz Toni, já que com o problema de saúde vão surgindo outros problemas.

E não entende a situação que vive. “Se o juiz dá uma sentença é só cumprir”.

“A pessoa que me ofendeu tinha como cumprir a decisão nem que fosse pouco a pouco. Mas a justiça deu-lhe autorização para sair do país sabendo que tinha um processo a cumprir”. Situação que aumenta mais a revolta e o sentimento de injustiça.

Neste momento, vive dos trabalhos que faz, consertando sapatos e fazendo colares “e da generosidade das pessoas”, como afirma. E acredita que poderia estar numa situação melhor se a justiça fosse cumprida. Diz que os anos vão passando e com eles a esperança e a qualidade da saúde e de vida.

“Acreditava na justiça, mas a própria justiça faz com que as pessoas percam confiança nela”, desabafa.

 

  1. roxana aguilera cald

    Gente q raiva da estas cosas !! . Como se autoriza a uma persona con pena de indemnizar
    NAO pagar e dejarlo a vontad ?? La falta de EMPATIA para resolver problemas es asquerosa ,repugnante . Alguem da JUSTIÇA puede LAVAR A JUSTIÇA de este HOME?
    Un disparo a JLN ,sem complicaçao segun el HAN e foi para pasar CONVALECENCIA a EUROPA e agora ate el codigo penal vaise a modificar !! Q NOJO !!!!!!!!

  2. El pesadel

    Pois, situações destas devem fazer-nos refletir antes de entrar em qualquer conflito. Da pa forte pode acaba nisso, ou pior. Pensem duas vezes, as vezes dar a costa a um conflito não ser fraco, mas sim forte de espirito.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.