Vela acesa provoca incêndio numa residência de madeira

13/02/2015 08:02 - Modificado em 13/02/2015 08:02
| Comentários fechados em Vela acesa provoca incêndio numa residência de madeira

fogo-casaUm incêndio provocado por uma vela deixada acesa deflagrou numa residência na zona de Ribeira de Craquinha. O incêndio consumiu todo o conteúdo da casa.

Rolando Rocha de 40 anos escapou de um incêndio que deflagrou na sua residência na sequência de uma vela deixada acesa por esquecimento. O proprietário que residia numa casa de madeira e chapa diz que por esquecimento deixou acesa uma vela que acabou por incendiar a residência que ficou completamente destruída pelas chamas.

Rolando perdeu tudo o que tinha em casa e por pouco não perdeu a vida. Segundo informações da PN, o incêndio ocorreu por volta das 2 da madrugada, mas não houve perdas humanas, apenas danos avultados na residência que ficou completamente destruída.

Embora tenha havido por parte das autoridades competentes muitas campanhas de sensibilização de modo a informar as pessoas dos cuidados a terem com as velas, o número de acidentes provocados por velas deixadas acesas continua a engrossar.

Para Jorge Leite, comandante dos Bombeiros de São Vicente, os casos de incêndios provocados pelas velas acontecem por negligência das pessoas. A mudança de mentalidade das pessoas é necessária para prevenir os casos maiores.

Leite, assegura que embora existam pessoas preocupadas com a própria segurança, outras julgam que estão imunes dos acidentes e só há hipótese de acontecerem aos outros.

O comandante recomenda para nunca se deixar uma vela acesa, sobretudo em cima de uma mesa sem a devida protecção. Quando acender uma vela, deverá colocá-la num pires com um pouco de água. O mesmo apela às pessoas para primarem pela segurança.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.