Gaby confessou ser autor do assassinato da tia Maria Rosa

5/02/2015 08:15 - Modificado em 5/02/2015 08:15

preso4O sobrinho da enfermeira assassinada em Achada Santo António confessou ao Tribunal ser o autor do crime que abalou a população cabo-verdiana.

 

Gabriel Furtado ou Gaby confessou perante o Tribunal que assassinou a tia com golpes no pescoço e nas costas. O indivíduo que é toxicodependente, diz que tirou a vida da tia ainda sob efeito de drogas.

Depois de várias averiguações, foi provado que Gabriel foi mesmo o autor do crime ocorrido no último dia do mês de Janeiro, na zona de Santo António, Praia. Segundo os familiares, o jovem tinha estado com a tia na tarde do trágico acontecimento. O sobrinho e a tia tiveram um desentendimento dentro da casa da vítima. Ainda sob efeito de drogas, Gaby esfaqueou a tia até à morte.

Gabriel Furtado fugiu, o que acabou por despertar dúvidas nos familiares e levantar suspeitas sobre a sua pessoa. O homem foi procurado pela Polícia que o capturou um dia após o assassinato da tia Maria Rosa, Lôlo, enfermeira aposentada de 73 anos.

O Tribunal aplicou a medida mais pesada, prisão preventiva ao jovem que foi conduzido para a Cadeia de São Martinho onde irá aguardar pelo julgamento.

  1. D. Simedo

    A causa era t tão flagrante que nem se precisava procurar o Sherlock Holmes para desvendar o crime horrivel que abalou a sociedade. Espera-se agora que a justiça seja ràpida e célere para que o assassino và criar piolhos em S.Martinho

  2. Carlos

    CONFESSOU! Depois de ter confessado, isso só significa que estava no seu perfeito juízo.
    Esses malandros confessam na esperança de ver a pena atenuada. Mas há de vir um momento que o mesmo irá pendurar-se numa corda pelo pescoço, já que não existe lei, para tal no nosso país. País onde todos nós continuamos a ser bastante passivos perante tais situações. PENDURAM-NO PELO PESCOÇO POR FAVOR.

  3. carla reis

    Pois é!! É culpado e depois diz que estava sob efeito de droga, é bom que ele seja punido pelo crime que cometeu. Maioria dos casos que acontecem no pais é por causa desses “…” Que se drogam e acham que estao nos seus perfeitos juizos saindo no mundo vadeando e depois um deste vem dizer que estava sob efeito de droga, isso não é desculpa nenhuma, acabando com a vida de um cidadão.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.