Vários mortos em queda de avião da TransAsia em Taiwan

4/02/2015 07:59 - Modificado em 4/02/2015 07:59
| Comentários fechados em Vários mortos em queda de avião da TransAsia em Taiwan

aviaoPelo menos 12 pessoas morreram esta quarta-feira, 16 ficaram feridas e 29 continuavam desaparecidas ao início da tarde (manhã em Lisboa) na sequência da queda do avião da TransAsia Airways, no rio Keelung, segundo a agência CNA.

O avião, em que seguiam 58 pessoas – incluindo cinco membros da tripulação -, caiu no rio Keelung, nos arredores da capital de Taiwan, depois de atingir uma ponte. O aparelho, um ATR-72, partiu do aeroporto de Songshan, pelas 10h52 (02h52 em Lisboa) com destino às ilhas Kinmen, tendo-se despenhado dez minutos após a descolagem. A Administração Aeronáutica Civil de Taiwan disse que o piloto do avião alertou para a ocorrência de uma emergência momentos antes da queda do aparelho, informou a agência taiwanesa. A mesma entidade informou que, com base numa gravação das comunicações do cockpit e a torre de controlo, o piloto disse “mayday” três vezes às 10h54 (02h54 em Lisboa), pouco depois da descolagem. Por volta das 14h00 (06h00 em Lisboa), 29 das 58 pessoas a bordo do aparelho tinham sido encontradas, incluindo 12 mortos, 16 feridos e uma que não apresentava sinais vitais quando deu entrada no hospital.

As autoridades estimam que as restantes 29 pessoas que seguiam no voo GE235 estejam presas na fuselagem do avião que ficou submersa ou a flutuar no rio, acrescentou a CNA. Avião atingiu uma ponte e caiu no rio “O foco do nosso trabalho é tentar usar guindastes para levantar a parte da frente dos destroços, que está submersa na água e onde se estima que esteja a maioria dos restantes passageiros”, disse Lin Kuan-cheng, do Serviço Nacional de Bombeiros de Taiwan aos jornalistas no local. Entre os passageiros estavam duas crianças e 31 turistas de Xiamen, da província de Fujian, no sul da China. Duas pessoas que seguiam num táxi também ficaram feridas depois de o veículo ter atingido uma ponte antes de cair ao rio.

O exército informou que 165 soldados foram destacados para o local da queda do avião e estavam a ajudar nas operações de resgate com oito barcos e veículos militares. O avião, um bimotor turbo hélice de fabrico franco-italiano tinha sido construído em abril do ano passado e passou na última revisão efetuada a 26 de janeiro, confirmou um representante da Administração Aeronáutica Civil de Taiwan.

Este foi o segundo incidente grave envolvendo um avião da TransAsia Airways em poucos meses, depois de outro aparelho daquela companhia aérea ter caído durante uma tempestade em julho, quando operava um voo doméstico, causando a morte de 48 pessoas.

cm.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.