Electricidade a pisca-pisca

4/02/2015 07:24 - Modificado em 4/02/2015 07:24
| Comentários fechados em Electricidade a pisca-pisca

luzNa localidade de Covada de Bruxa, em São Vicente, os moradores estão insatisfeitos com os consecutivos cortes de energia eléctrica e comentam que já estão nesta situação há cerca de 14 dias.

 

Os moradores da zona da Bela Vista, Covada de Bruxa, sentiram a necessidade de chamar a RCV  para denunciarem o que chamam de abuso por parte da Electra, pois consideram que  é inconcebível estarem há 14 dias numa situação onde a electricidade é cortada e reposta várias vezes durante o dia e a noite.

Calú, um dos moradores afirma que “os cortes começaram há cerca de 14 dias e têm vindo a acontecer todos os dias e várias vezes, de dia e de noite, e esta situação não pode continuar assim, pois já estamos a entrar em desespero”.

Ema, cabeleireira e moradora em Covada de Bruxa, já contactou a Electra para reportar esta situação e informaram-lhe que se trata de uma anomalia devido à sobrecarga de energia. Ema acrescenta que a causa do pisca-pisca da Electra poderá ser atribuída aos roubos de energia pelos moradores da zona. A mesma afirma que é uma situação estranha pois algumas casas deixam de ter luz e outras ao lado continuam a ter e, desta forma, não consegue trabalhar, tendo em conta que é cabeleireira e necessita de electricidade para fazer o seu trabalho. Afirmou ainda à RCV que “alguns moradores já tiveram de levar os seus electrodomésticos para conserto mas eu não irei desligar, e se tiver o azar de acontecer uma avaria com os mesmos, irei reclamar junto da Electra”.

Ricardo Martins, Director do Sector de Distribuição da Electra Norte, ouvido pela rádio pública  disse já ter conhecimento e assegura que já tem uma equipa técnica no terreno à procura do ponto de avaria e que estão a fazer todos os esforços para que a situação esteja normalizada nos próximos dias.

Após vários dias de angústia, alguns moradores confirmam que a Electra já está no terreno e esperam que brevemente possam ter a situação regularizada.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.