Processo disciplinar contra o aluno acusado de estar envolvido no assalto

2/02/2015 08:16 - Modificado em 2/02/2015 08:16

COOKIE2O conselho disciplinar da Escola Secundaria José Augusto Pinto, instaurou um processo disciplinar contra o aluno do 7º ano acusado de estar envolvido no roubo de computadores portáteis.

O aluno da turma especial da Escola Secundária José Augusto Pinto que estuda o 7º ano pela terceira vez, confessou estar envolvido no assalto ocorrido durante a quadra festiva natalícia. Os assaltantes utilizaram uma serra para cortar uma grade de uma das janelas e roubaram 17 computadores portáteis da marca Gota d´Agua e um retroprojector.

A Brigada Anti-crime conseguiu identificar um grupo de jovens responsáveis pelo assalto e, entre eles, encontra-se um aluno que frequenta o mesmo estabelecimento de ensino.

O director da Escola Secundaria José Augusto Pinto, Emanuel do Rosário, adianta que o aluno confessou o seu envolvimento no assalto, pelo que o Conselho disciplinar abriu um processo disciplinar contra o aluno. Segundo o director, o referido processo encontra-se nas mãos do Ministério da Educação para apurar as medidas a serem tomadas.

Emanuel do Rosário aproveitou para agradecer o trabalho da BIC na recuperação dos equipamentos e na identificação dos responsáveis do assalto. Recorda-se que a BIC conseguiu recuperar 15 dos 17 computadores portáteis.

O director afirma que os equipamentos recuperados foram descaracterizados e encontram-se em manutenção, pois ainda não é possível precisar os prejuízos.

Até agora os assaltantes não foram apresentados ao Tribunal, pelo que se aguarda o desfecho do caso.

  1. Mateus

    a justiça anda a passos de tartaruga. Os assaltantes deviam ser ouvidos pelo MP em carácter de urgência, e condenados. Que Deus proteja os professores e a sociedade em geral que lida todos os dias com esses jovens delinquentes

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.