CVMA 2015

30/01/2015 08:33 - Modificado em 30/01/2015 08:33
| Comentários fechados em CVMA 2015

downloadSob o lema “O que nos une é a música”, a quinta (V) Edição do Cabo Verde Music Awards (CVMA) 2015 acontece no palco da FIC, na Achada Grande Frente, na cidade da Praia, no dia 7 de Março.

Os nomeados são: Dynamo, Legemea, Ricky Boy, Jorge Sena, Élida Almeida, Rapaz 100 Juiz, Rui Cruz, Jenifer Solidade, Elaine Silva, Nissah Barbosa, Rui Cruz, Djox, Carmen Sousa, Nelson Freitas, Lena Évora, Gardénia Benrós, entre outros estão na lista dos CVMA 2015.

Destaque para os homens que lideram a lista das nomeações nas diversas categorias, como melhor funaná, melhor coladeira, melhor kizomba, melhor música tradicional cabo-verdiana e melhor em palco.

Jorge Sena com o seu álbum Sena d’Oru está no top com quatro nomeações: Melhor Morna “Raquel”, Melhor Coladeira “Nha Tofé”, Melhor Tradicional Cabo-verdiana “Sabura di Djar Fogo” e ainda Melhor Disco do Ano.

Dynamo segue também com nomeações em melhor kizomba, na música “Poderosa”, juntamente com Djodje, melhor música popular “Princesa” do seu álbum “One” e que interpretou também juntamente com Djodje e Ricky Boy, melhor disco do ano e ainda melhor Intérprete Masculino.

 

Lejemea encontra-se nomeado em três categorias: Melhor Funaná “Djam bira fino”. O artista ainda foi indicado na música “Scravu di bu amor” de Eddu nesta mesma categoria. Encontra-se ainda nomeado nas categorias de melhor música popular e artista revelação, seguido de Djodje que foi indicado nas categorias de melhor kizomba, melhor música electrónica e ainda melhor música popular.

 

Entra as mulheres, a mais nomeada é Jennifer Soledad que está na frente com três nomeações como melhor intérprete feminina, melhor videoclip e melhor composição inédita com a música “Largam da mo”. Élida Almeida está nomeada como melhor intérprete feminina e artista revelação com a música “Nta konsigui”.

 

O júri disse que na escolha das músicas foi levada em conta não só a qualidade, mas também a originalidade, os arranjos e a popularidade.

Depois de muitas críticas à volta do regulamento, este ano as regras foram revistas e aprovadas por um conjunto de personalidades da música cabo-verdiana e pelo Ministério da Cultura. Dessa revisão resultou a redução e reorganização do número de categorias a concurso e a aprovação dos novos métodos e critérios de votação e selecção.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.