Ryan Mendes quer jogar no Lille OSC

26/07/2012 04:00 - Modificado em 26/07/2012 04:00

Ryan Mendes, avançado cabo-verdiano que milita no Le Havre, de França exprimiu o desejo de ingressar na equipa do Lille OSC para a próxima época. O jovem de 22 anos, natural de São Vicente, em declarações à rádio francesa, RCM disse que a sua prioridade é o Lille OSC, clube que na última época ficou na terceira posição da Ligue 1.

 

O internacional cabo-verdiano Ryan Mendes têm despertado o interesse de vários clubes da Europa, entre as quais o Lille OSC, de França. Porém até o momento nenhum clube abriu os cordões a bolsa para adquirir os préstimos do jogador. O jovem que se caracteriza pela sua técnica e velocidade em campo já deu provas ao serviço de clubes em São Vicente, como a Académica do Mindelo e Batuque FC. Mas foi no Le Havre, clube francês que acentuou a sua forma de jogar futebol, que lhe valeu um lugar na selecção de Cabo Verde.

Ryan ingressou no Le Havre em 2008, com um contrato válido até Junho de 2013, mas agora espelha o seu futuro noutro clube, neste caso que milita na Ligue 1. Mendes disse a RCM que ” Passei muitos anos felizes em Le Havre, mas hoje eu quero outra coisa. Falei com o meu presidente e disse-lhe que queria ir para o Lille. LOSC é a minha prioridade.”

Por outro lado alguns jornais franceses noticiam que o Le Havre terá recusado uma proposta do Lille, pelo jogador no valor de três milhões de euros. Mas caso o clube que detém o passe de Mendes não proceder a sua venda até Dezembro de 2012, corre o risco de perder o jogador e não ganhar qualquer comissão. Isto porque, de acordo com a lei de Bosnan, Ryan poderá assinar por outro clube em Janeiro de 2013.

De salientar que o jogador foi o melhor marcador do clube em todas as competições que o Le Havre participou na última época. Mendes apontou 13 golos na Ligue 2 e marcou dois golos na Taça de França.

  1. Mario Gomes

    força la rapaz bo merece

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.