Aprovada e de volta ao Presidente

26/07/2012 03:57 - Modificado em 26/07/2012 03:57

Depois do veto do Presidente da República sobre o regime jurídico-tributário da taxa ecológica, o governo reuniu-se para preparar uma nova proposta, seguindo a sugestão da Presidência da República de uma discussão mais aprofundada.

 

O documento foi levado ao parlamento e foi aprovada na generalidade. O diploma teve 37 votos à favor do PAICV, que sustenta o governo, e 28 contra do MPD enquanto os dois deputados da UCID não votaram.

O documento aprovado seguirá outra vez para a Presidência da Republica para promulgação. A interpretação do veto do presidente ainda divide os dos partidos com maior representatividade no parlamento, PAICV (38 deputados) e MPD (32). Enquanto o MpD aplaudiu o Presidente da Republica pela decisão, o PAICV viu um veto baseado em posições políticas.

Depois da aprovação o documento volta outra vez ao Presidente Jorge Carlos Fonseca para a decisão.

  1. Nadia

    è voltar a vetar novamente. Que birra é essa do PAICV?

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.