Governo retoma processos de privatizações e parcerias público-privadas

27/01/2015 07:55 - Modificado em 27/01/2015 07:55
| Comentários fechados em Governo retoma processos de privatizações e parcerias público-privadas

bcaO Ministério das Finanças e Planeamento colocou no mercado financeiro a oferta de 132.476 acções detidas pelo Estado de Cabo Verde no Banco Comercial do Atlântico (BCA). Esta medida comprova a retoma do programa de privatizações por parte do Governo.

O Director Nacional do Planeamento, Carlos Furtado, afirma que a oferta pública das acções do BCA demonstra a recuperação do plano estratégico do Governo para as privatizações. Acrescenta que “existem todas as condições de regulação para a alienação das participações do Estado consideradas acessórias num conjunto de instituições financeiras”. No âmbito dessa oferta pública, Carlos Furtado afirma que esta decisão nada tem a ver com questões de tesouraria e frisa que “o objectivo estratégico ultrapassa a questão da tesouraria e não foi uma decisão recente. Já percorremos um longo caminho desde o processo de fortalecimento da legislação para que possa suportar essa regulamentação, logo, não estamos a ajudar a Tesouraria do Estado, mas sim a concretização do propósito estratégico que já estava definido há algum tempo.”

O processo de Oferta Pública de Venda das acções do BCA iniciou no dia 26 de Janeiro de 2015 e prosseguirá até 16 de Fevereiro. A Oferta é dirigida ao público em geral, o preço de aquisição de cada uma das acções é de 3.504$00 (três mil quinhentos e quatro escudos cabo-verdianos) e podem ser dadas essas ordens das 08h às 15h em qualquer agência dos bancos operadores de Bolsa.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.