Defesa de Alcindo Rocha recorre ao STJ : considera que não ficou provado o desvio de dinheiro

26/07/2012 03:51 - Modificado em 26/07/2012 03:51

O NN apurou que o ex gerente do BCA, na cidade do Porto Novo, irá interpor um recurso junto do Supremo Tribunal da Justiça para contestar a sentença do Tribunal da Comarca de Porto Novo. Alcindo Rocha foi condenado a 13 anos de prisão pela prática dos crimes de abuso de confiança, burla qualificada e falsificação de documentos. E segundo o que apuramos a defesa do ex bancário recorrerá ao STJ para demostrar a “sonolência “ do BCA que permitiu haver desvios de dinheiro na agência bancária do Porto Novo durante tanto tempo.

 

O Tribunal da Comarca de Porto Novo proferiu a sentença do processo que acusa o ex gerente do BCA, na cidade do Porto Novo, Alcindo Rocha de ter desviado 139 mil contos da conta de clientes.O ex bancário foi condenado a 13 anos de prisão e a indemnizar o BCA, nos termos do valor subtraído das contas dos clientes.

NN sabe que esta pena não se enquadrou nas expectativas da defesa que esperava haver uma atenuação extraordinária da pena. Na opinião do advogado de defesa de Rocha, a juíza teria que aplicar uma atenuação porque a auditoria realizada na agência do Porto Novo revelou um desvio de 139 mil contos. Porém Álvaro Cruz assegura que o BCA e o Tribunal não apresentaram provas concretas que comprovam o desvio desse valor.

Por outro lado o advogado de Alcindo Rocha afirma que “houve complacência do BCA, que de 2007 a 2011 realizou apenas uma auditoria. Porque a falta de controlo nas acções desencadeadas na agência bancária permitiu que o meu cliente continuasse a transferir dinheiro das contas bancárias.Mas se nesses quatros anos houvesse uma fiscalização e auditoria anual na entidade bancária não estaríamos nesta situação”.

Por isso a defesa do ex bancário vai recorrer ao Supremo Tribunal de Justiça, com um recurso de contestação para fazer baixar a pena aplicada. Mas por ora Alcindo Rocha fica detido na Cadeia de São Vicente a aguardar o veredicto final do STJ..

  1. Nelson Cardoso

    Brincadeira, só pode ser Sr. Advogado.

  2. antónio dos santos

    Óh Vave bô crê k’me mas um dinheirinho, recorrendo ao supremo. Vê-la que o dinheiro que o fulano vai-te pagar é dinheiro subtraído ao banco. Roubou pagou. É assim nos mandamentos de Deus. E bô qu’es cara de Albino manhento…..

  3. Andre Ventura

    Perda de tempo. O supremo vai eh aumentar a pena para precavermos dos futuros desvios e roubos dos dinheiros dos imigrantes…

    Andre Ventura

    o pombo

  4. Nuno Ventura

    Que quem é culpado seja punido é normal. Mas quem se mete na mão de Vaf já devia saber que é causa perdida. Mesmo na empresa de que recebe ordenado e para quem trabalha de vez em quando é assim.Perde sempres.

  5. DA

    vejam o vidio,a farsa do sistema bancario,youtube

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.