Cabo Verde 1 Tunísia 1: Soube à pouco ao tubarão faminto

19/01/2015 07:44 - Modificado em 19/01/2015 07:44

TUBAROES AZUISO tubarão azul entrou faminto e podia  ter ido para o intervalo   com três golos no bucho .Azar  ou imperícia ? Venha o Congo  que este tubarão tem fome e até feijão congo come . Sem  problemas!

A selecção de Cabo Verde empatou este Domingo (18) a uma bola no jogo de estreia na CAN 2015, disputado na Cidade de Ebibeyin na Guiné Equatorial. O resultado apesar de não ser o desejado pelos adeptos foi muito festejado pelos adeptos que assistiam ao jogo na praça Dom Luís, no Mindelo.

A equipa treinada por Rui Águas começou forte e logo no primeiro minuto de jogo, Cabo Verde protagonizou o primeiro lance de perigo da partida, com uma bola ao poste.

Os Tubarões Azuis estiveram bastante bem durante a primeira metade do período regulamentar, onde conseguiram criar boas situações de golo, mas faltou sorte ou pontaria aos jogadores. A selecção dominou praticamente toda a primeira parte do jogo, pressionando bastante bem os jogadores da selecção tunisiana e partindo em rápidos contra-ataques.

Na segunda metade da partida os Tubarões Azuis acabaram por recuar e no minuto 70, a selecção da Tunísia aproveitou um erro defensivo e adiantou-se no marcador. Sete minutos depois, numa jogada individual, o avançado cabo-verdiano, Heldon, é derrubado dentro da área adversária, conquistando assim uma grande penalidade. Na cobrança o número 10 da selecção cabo-verdiana, não perdoou e empatou o jogo. O golo foi festejado pelas dezenas de pessoas que se encontravam na praça Dom Luís, assistir a estreia da nossa seleção na sua segunda participação numa CAN.

A praça de Dom Luís foi o palco das emoções durante a transmissão do jogo, os adeptos mindelenses compareceram com o objectivo de enviar uma energia positiva aos jogadores. Ainda não tinha nem sido dado o pontapé de saída, muitos eram os adeptos que já festejavam a vitória de Cabo Verde na sua estreia, alguns apontavam para uma vitória de 2-0, outros ainda mais optimista apontavam para uma vitória de 3-0, e os mais tímidos diziam que um empate bastava, que o importante era não perder pontos.

Durante o intervalo, a festa denominada de estádio laranja contou com a animação de batucada e música da selecção de futebol. O ambiente era de muita festa, dança, e discussão de como tinha sido a primeira parte do jogo.” Entramos concentrados e bastante organizados, contrariamos o favoritismo da selecção da Tunísia e mostramos que somos capazes de enfrentar qualquer selecção Africana”, diz adepto em jeito de festa.

Adeptos afirmam que Cabo Verde tinha possibilidade de fazer melhor, “se tivéssemos marcado logo no início do jogo, poderíamos muito bem ter vencido, porque dominamos praticamente toda a primeira parte do jogo” diz adepto felicitando o “excelente” desempenho da seleção nacional. Denis diz que o importante foi o desempenho e a qualidade mostrada durante a partida, “o importante foi não termos perdido pontos, e todas as selecções do grupo B empataram” refere.

O próximo jogo de Cabo Verde está agendado para o dia 26, próxima segunda-feira, frente a República Democrática do Congo, às 18 horas de Cabo verde.

  1. tafu

    Bem feito se Cabo Verde perder é bem feito,porque iamos a copa e venderam Cabo Verde agora vão pagar por ter pessoa sujas e nojentas ali na frente.Seria lindo a bandeira de Cabo Verde na copa do mundo o nosso hino no mundo.Agora nessa mer de can?Vão se catar.

  2. Djê Guebara

    Los muchachos jugaran bien, pero se necesitaban mas fuersas y velocidad en la linea de ataque, son errores que tenemos que corregir para el proximo partido.Desde aqui en la Florida mando mis fuertes deseos de apoio a los Muchachos del Atlantico ( Los Tiburones Azules)

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.