Fogo: dirigente do MpD diz que os náufragos foram atirados para a morte

16/01/2015 22:20 - Modificado em 16/01/2015 22:20

vicenteO MpD na ilha do Fogo criticou a forma como decorreu a operação de busca e salvamento do naufrágio do Navio Vicente.

Jorge Nogueira disse que “ as pessoas foram atiradas para a morte quando alguém deixou que embarcassem numa embarcação sobrecarregada “ Mas também acusa os responsáveis pelas buscas de terem contribuindo para a morte dessas pessoas “ quando suspenderam as buscas, ainda, na noite em que se deu o naufrágio “. O Dirigente do MpD, no Fogo pediu a intervenção do Ministério Público “ para fazer uma investigação e esclareça de uma vez por todas as causas do naufrágio”.

O MpD quer que sejam assacadas responsabilidades desde o armador do navio até ao Estado como entidade responsável pelo sector.

As buscas foram suspensas por questões de segurança

O Presidente do Serviço Nacional de Protecção Civil reagiu a acusação do MpD/ Fogo sobre a suspensão das buscas na noite do naufrágio. Arlindo Lima disse a RCV que “ as buscas foram suspensas nessa noite, porque fomos informados que não havia condições de segurança para prosseguir com as buscas. Pois isso iria colocar em risco a vida dos envolvidos nas buscas “. E finaliza “ perante um parecer técnico dessa natureza, não podia fazer outra coisa a nãos ser suspender as buscas “ .

 

  1. José Rodrigues

    As palavras (acusações) proferidas por esse Sr. são, por demais, graves e, como dirigente de um Partido, deveria ser mais cauteloso no momento de abrir a boca. Os políticos deveriam sentir-se envergonhados por tentarem, diante da desgraça dos outros, dos sofredores, tirar dividendos políticos dessas situações. É certo que já estão em campanha para as próximas eleições mas, que sejam mais sérios e honestos. O POVO agradece.

  2. CidadaoCV

    Epá … deixem de dar ouvidos aos políticos, … e de publicar o que eles dizem. Esta cambada não merece crédito nenhum. Se fosse deputado do PAICV a conversa seria totalmente diferente. Cambada de corruptos ….

  3. d.silva

    os políticos que deixem de usar essa tragédia para promover as campanhas deles, as buscas no mar são suspensa em todo mundo desde que põe em risco a vida dos profissionais da busca mesmo nos países mais desenvolvidos.

  4. DEMARCAÇÃO?

    O CURIOSO É QUE O EXPRESSO DAS ILHAS NÃO FEZ NENHUMA REFERENCIA AO OPINIÃO DO JORGE NOGUEIRA

  5. Silvério Marques

    O Jorge Nogueira tem razão. Suspender as buscas para salvamento nas horas iniciais após o naufrágio foi uma condenação á morte das pessoas que estavam a bordo. Agora interessa saber que se havia razões fortes para tal decisão. O salvamento no mar faz-se logo a seguir ao naufrágio. Depois, há os que sobrevivem por sorte. Mas ficam no ar muitas perguntas, acerca do colete salva vidas, quem comandou a operação da saída para o mar dos passageiros ou havia tal confusão que foi cada um por si e Deus.

  6. Silvério Marques

    Aqui só os peritos podem falar com conhecimento de causa. A reacção dos comentadores foi mais por ele ser deputado do MpD do que pelas palavras que disse, que têm todo o cabimento. Quem deverá dirigir os inquérito tem de ser o Ministério Público ( MP ) que irá pedir a assessoria de todos os especialistas na matéria que julgar conveniente. Com o MP não poderá haver falsas declarações.

  7. Moisés Leão

    Que Deputado mais desalmado

  8. paulo antónio duarte

    senhor deputado Jorge nogueira quando é que toma juízo em meter na matéria de segurança marítima e aérea? chega desta boca suja

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.