Televisões voltam-se para a Internet na esperança de contrariar queda nas vendas

12/01/2015 12:36 - Modificado em 12/01/2015 12:36
| Comentários fechados em Televisões voltam-se para a Internet na esperança de contrariar queda nas vendas

tvCom vendas globais em queda nos últimos dois anos, os fabricantes de televisões esperam que uma muito alta resolução, ligação à Internet e parcerias de conteúdos com serviços online consigam atrair compradores este ano.

Na Consumer Electronic Show, em Las Vegas, várias marcas apresentaram novos modelos com ultra alta definição, uma tecnologia também conhecida por 4K. Embora esta resolução não se esteja a estrear agora no mercado, a organização do evento antecipa que seja um factor a impulsionar as vendas ao longo de 2015.

A  Consumer Electronics Association aponta para um crescimento de 2% nas vendas de aparelhos. As vendas dos modelos 4K, segundo a estimativa, mais do que duplicarão face ao ano passado e vão representar 9% do total.

Os conteúdos televisivos em formato 4K ainda são escassos, mas os fabricantes estão a contar também com a Internet. O YouTube já tem vídeos com esta definição e serviços de vídeo online como o Netflix e a Amazon (que não estão disponíveis em Portugal) também começam a usar o formato.

A ligação à Internet está também a tornar-se o padrão, o que permite aos utilizadores de televisões não apenas verem vídeos, mas consumirem outros géneros de conteúdos – por exemplo, jogar jogos sem uma consola. O presidente da Samsung, Boo-Keun Yoon, afirmou na CES que, dentro de dois anos, as televisões da marca estarão todas ligadas à Internet.

 

publico.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.