Militantes islâmicos matam quatro alegados espiões da CIA

9/01/2015 08:40 - Modificado em 9/01/2015 08:40

armasO Al-Shabab, grupo de militantes islâmicos que opera na Somália, executou quatro homens acusados de espiarem para a Central Intelligence Agency (CIA) americana, bem como outras secretas.

De acordo com a BBC, que cita testemunhas na cidade de Bardhere, o grupo extremista, que viu as autoridades americanas matarem dois dos seus comandantes através de bombardeamentos nos últimos meses, foram fuzilados em frente a uma multidão naquela localidade da Somália.

Os quatro homens foram acusados, por um tribunal montado pelo Al-Shabab, de espiarem para a CIA, para o governo da Etiópia, além do somali.

 

abola.pt

  1. anete vital

    “Quando queres matar o cão basta dizeres que tem a raiva”
    Esse tipo de gente é pior que vampiro, sedente de sangue.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.