Reabilitação das casas dos desalojados inicia ainda em Janeiro

7/01/2015 06:28 - Modificado em 7/01/2015 06:28
| Comentários fechados em Reabilitação das casas dos desalojados inicia ainda em Janeiro

grenn studio vulcão fogoO coordenador do Gabinete de Crise, Antero de Matos anunciou que o início da reabilitação das casas que acolheram os afectados pela erupção vulcânica de 1995, terá início ainda no mês de Janeiro, isto para dispor o mais rapidamente possível o realojamento das famílias de Chã das Caldeiras afectadas pela actividade eruptiva do vulcão do Fogo.

 

Durante uma entrevista concedida à TCV, Antero de Matos, Coordenador do Gabinete de Crise, garantiu que a reabilitação das casas dos desalojados de Chã das Caldeiras iniciará ainda no mês de Janeiro.

De acordo com Antero de Matos, uma primeira fase consistirá na reabilitação da cozinha e das casas de banho e respectivo melhoramento. Uma segunda fase prevê a ampliação das casas, tendo em conta o realojamento das famílias numerosas que certamente necessitarão de estar mais cómodas.

O alargamento das escolas é também uma preocupação e, prevendo a lotação das mesmas, poderá haver necessidade de mais salas de aulas. Segundo Antero de Matos, a reabilitação precoce consiste na criação das condições mínimas para que as pessoas possam viver com maior dignidade e oferecer maior conforto aos desalojados de Chã das Caldeiras. O mesmo garante que o plano de reabilitação precoce da ilha do Fogo está a ser trabalhado para que se possa iniciar a partir de Janeiro.

Portanto, os donativos em materiais de construção vindos de Angola, servirão para a reabilitação das cento e dez casas de Monte Grande e da Achada Furna que vão acolher as famílias afectadas de Chã das Caldeiras, na ilha do Fogo.

 O projecto de reabilitação das casas está orçado em cerca de cem milhões de escudos.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.