Figura / negativa do ano :  Marisa Morais e  a retórica contra os factos

5/01/2015 08:00 - Modificado em 5/01/2015 08:01

Marisa MoraisSinal – menos

A Ministra do Interior, Marisa Morais, não pode assobiar para o lado com o cenário de “guerra urbana” na cidade do Mindelo. Dez assassinatos em 12 meses não podem ser ignorados através da sua retórica que pretende mostrar que está tudo bem. É claro que ela, enquanto ministra das polícias, não tem culpa pelos assassinatos e muito menos pela violência desses assassinatos. Mas, enquanto Ministra que responde pela segurança, não pode, como fez, ignorar o que se passou em São Vicente; não se pode esconder em números, defender o indefensável para não assumir a responsabilidade que lhe cabe. Quando uma idosa é violada e espancada em sua casa no pacato bairro de Alto S. Nicolau isso torna-se num problema de segurança, pois o medo e a insegurança tomam conta da população. Quando em Monte Sossego uma cabeleireira que momentos antes tinha apresentado queixa à PN contra o ex-namorado é assassinada com sete facadas, a culpa não é da Polícia, mas a responsável da PN não pode ignorar que os cidadãos clamam por uma outra actuação da polícia nestes casos onde o que fica é que se a PN tivesse agido de outro jeito “tal não teria acontecido”.

Ninguém pede à ministra das polícias e que responde pela segurança interna que coloque um polícia por cada habitante de São Vicente. O que se pede é que a Ministra não transforme em retórica e blá, blá, o medo, o temor que assola quem assistiu a nove assassinatos numa ilha com 50 mil habitantes. O que se pede é acção: resposta para os que se sentem inseguros e apreensivos.

  1. joao carlos

    pode – se sim culpar a sociedade, agora a MAI e aPolicia nao tem culpa da violencia desses crimes. Devia – se procurar outros culpados? Nos todos somos culpados inclusive o NN.

  2. CidadaoCV

    O SINAL MENOS, vai para todos os Governos, Câmaras Municipais e Classe Politica. Todo o mal que assola Cabo Verde tem o epicentro na classe política. É esta classe, formada por arruaceiros, trapaceiros, gente sem formação moral e cívica, … que se une somente para a devesa do seu umbigo, que tem conduzido Cabo Verde para o estado que encontra. Não há respeito pela cidadania, pela honestidade, pelo bom caracter, pelo trabalho honesto. Não haveria tanto tráfico de drogas, lavagem de capital, crime organizado se não houvesse a cumplicidade da classe política. Quem não se lembra das polémicas declarações do Sr. José Maria Neves, nas vésperas de umas eleições? Acusando o partido da oposição de estar a receber dinheiro de traficantes … E ninguém disse mais nada, ninguém fez mais nada. Uma conclusão imediata que se tira destas declarações, e do silêncio depois, é que a classe política sabe quem é quem no narcotráfico. Sabe e se completam. E isto tem um nome e chama-se: CORRUPÇÃO generalizada.

  3. martins M

    falou tudo cidadaocv. Obrigado pela colaboração

  4. Anete Vital

    Marisa é a ponta visivel do Iceberg mas a culpa vai inteirinha para quem insiste em guardar num Ministéro tão sensivel uma pessoa que não serve para o lugar que devia ir para um técnico. Ela é mais um erro de casting.

  5. o sr jornalista não esqueceu da principal figura negativa a ministra das finanças “aportonista”.
    não podemos culpar os policias mas sim os tribunais, juízes que não tem mao dura contra o crime e também as leis liberais que são aprovadas pelo governo nessa matéria.

  6. o sr jornalista não esqueceu da principal figura negativa a ministra das finanças “aportonista”.
    não podemos culpar os policias mas sim os tribunais, juízes que não tem mao dura contra o crime e também as leis liberais que são aprovadas pelo governo nessa matéria.

  7. Sao Vicente so tem 50 mil habitantes. Penso que houve um erro.
    A nossa comunicacao Social tambem pouco tem contribuido para melhorias nesse Pais

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.