A história de três heróis que morreram por suas namoradas

24/07/2012 02:09 - Modificado em 24/07/2012 02:09
| Comentários fechados em A história de três heróis que morreram por suas namoradas

DENVER, EUA – Como bem afirmou o governador de Colorado John Hickenlooper em um comunicado publicado no jornal “Meet the Press” no último domingo, o terrível incidente que deixou 12 pessoas mortas e 59 feridas em um ataque em Denver, Colorado, foi marcado por inúmeros actos de heroísmo. Para o governador, “heroísmo não é uma palavra forte o suficiente”. Pelo menos não para três jovens que morreram para salvar suas namoradas.

Jon Blunk havia servido na Marinha e estava planejando voltar a se alistar. Na última sexta-feira, o jovem de 26 anos levou sua namorada, Jansen Young, para ver o “Batman – o Cavaleiro das Trevas ressurge” no complexo de cinemas Century 16 quando o ataque começou.

– Jon levou um tiro por mim – disse Jansen em entrevista ao “Today“. – Ele me jogou no chão e disse: ‘temos que ficar aqui’.

Enquanto James Holmes atirava pelos corredores, o jovem marinheiro empurrava Jansen ainda mais para debaixo dos assentos e para fora da linha de fogo. Quando os tiros finalmente pararam, ela se arrastou e tentou levantar Blunk, mas o jovem marinheiro não se mexeu.

– Eu acho que realmente não tinha entendido que ele estava morto e comecei a balançá-lo e dizer: ‘Jon, Jon, nós temos que ir… É hora de sair daqui’ – disse Jansen ao “Denver Post”.

Em outra parte do cinema, Matt McQuinn, de 27 anos, também protegia sua namorada, Samantha Yowler, 26. Samantha sofreu um ferimento de bala na perna e está se recuperando, relata o jornal “Dayton Daily News“. McQuinn morreu na sala depois de ter sido atingido três vezes. Nick Yowler, irmão de Matt que estava com o casal, não se machucou.

– Quando o atirador começou a disparar, Matt e (seu irmão) Nick puxaram Samantha para o chão e a protegeram – conta Rob Scott, advogado que representa McQuinn.

“Tanto a família de Yowler quanto a dos irmãos McQuinn agradecem a todos por suas preocupações, pensamentos e orações durante este momento difícil”, afirmou Scott em um comunicado ao jornal local.

Assim como Jon Blunk e Matt McQuinn, Alex Teves, 24 anos, ficou na frente de sua namorada Amanda Lindgren quando o atirador metralhou o cinema.

– Ele deveria ter se abaixado, mas não fez isso – conta sua tia, Barbara Slivinske, ao “NY Daily News.

Teves terminou um mestrado em aconselhamento psicológico da Universidade de Denver, em junho. Mary Gomez, conselheiro de Teves, disse que suas “prioridades sempre foram seus relacionamentos”.

– Sua lealdade era admirável. Ele sempre colocou seus amigos em primeiro lugar.
Globo.com

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.