«Não tenho um segredo para manter os jogadores felizes»

22/12/2014 09:16 - Modificado em 22/12/2014 09:16
| Comentários fechados em «Não tenho um segredo para manter os jogadores felizes»

CHELSEA - 2014/15 - TREINO - VESPERA DO ENCONTRO COM O SPORTING - LIGA DOS CAMPEOESO treinador do Chelsea reconhece que jogadores como Petr Cech, John Mikel, Andre Schurrle e Filipe Luis estão «insatisfeitos e frustrados» no banco mas lembra que são profissionais e prontos para responder sempre que forem chamados.

«O futebol é assim, especialmente numa equipa que está a jogar bem e a conseguir resultados. Os jogadores estão insatisfeitos e frustrados mas precisam de ser pacientes. Não tenho um segredo para os manter felizes. Na verdade, para ser profissional e trabalhar ao mais alto nível, não precisas de ser feliz. Todos estes jogadores são profissionais mas a equipa e o clube são mais importante que eles», disse antes de concretizar:

«Mark Schwarzer ainda não jogou um segundo esta época mas, se for preciso, joga contra o Stoke City porque está pronto. Podemos ter um segredo para que trabalhem todos os dias ao mais alto nível mas não temos um segredo para fazer os jogadores felizes. (…) O primeiro jogo de Mikel foi contra o Newcastle e foi o melhor em campo. Como é isso possível se não jogava há três meses? Porque treinou todos os dias. Estava triste, frustrado ou infeliz? Talvez. Mas foi profissional. É isso que espero dos jogadores.»

abola.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.