O que restava de Bagaeira sumiu e as lavas correm para Cova Tina

15/12/2014 07:17 - Modificado em 15/12/2014 07:17
| Comentários fechados em O que restava de Bagaeira sumiu e as lavas correm para Cova Tina

vulcao34Já se sabe que o vulcão do Fogo não descansa aos domingos. E ontem não fugiu a regra. Depois de quatro dias de relativa acalmia e com as lavas praticamente paradas, ontem houve um aumento da actividade vulcânica com as lavas a aumentarem de velocidade e consumirem o que restou de Bagaeira e tomarem o caminho de Cova Tina.

Um comunicado  do Gabinete de imagens  do Governo    informava  que “durante  a madrugada de hoje, uma frente de lavas começou a se movimentar em direcção a Cova Tina, invadindo terrenos agrícolas informa o Governo . Mais  frente o comunicado esclarece  que “Reactivou-se uma frente de lavas em Portela, na parte traseira da cooperativa, indo lentamente em direcção a Bangaeira, e já atingiu a cooperativa, destruindo-a por completo. Estas lavas encontravam-se dentro do túnel magmático. Ou seja, estava dentro da “crosta” criada pelas lavas anteriores e foi se movimentando no interior durante estes dias e agora “saiu para fora”. Quando a frente de lava que avança em direcção a  Fernão Lopes , o comunicado garante que  “continua estagnada, sem nenhum avanço no terreno “. A finalizar  informa que “A actividade eruptiva mantém-se com baixo derramamento de lavas do vulcão, com explosões muito esporádicas e com emissão de gases e cinzas.

 

O Presidente do Serviço Nacional de Protecção Civil que esteve em Chã das Caldeiras acompanhando a visita do Embaixador da União Europeia,pode presenciar o aumento do caudal  das lavas e disse a RCV que  “ após estes dias de acalmia, hoje houve um aumento ligeiro na deslocação das lavas com uma frente em direcção a Bangaeira, o suficiente para destruir o que restava do local “ O responsável do SNPC diz que não pode prever o curso que a lava vai tomar nas próximas horas “ o que posso dizer é que pelo que observo a frente da lava ainda está longe de Fernão Lopes “. O certo é que a lavas que estavam, no sábado, estacionárias a 600 metros de Bangaeira atingiram o que restava da zona  e continuam a avançar pouco ,mas avançam.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.