‘Robin dos bosques’ chinês detido na província de Guangdong

12/12/2014 08:03 - Modificado em 12/12/2014 08:03
| Comentários fechados em ‘Robin dos bosques’ chinês detido na província de Guangdong

policia chinaA polícia de Zhaoqing, na província chinesa de Guangdong, no sul do país, deteve um jovem filantropo que se dedicava durante o dia a trabalhos de beneficência e, à noite, a roubar edifícios de luxo, revelou a agência Xinhua.

 

O caso do ‘Robin dos bosques’ chinês começou no início deste ano, quando um residente denunciou à polícia o roubo de numerosos objetos de valor da sua propriedade, como joias, ouro e um tablet. As autoridades locais registaram o caso e, foram apercebendo-se, de outros roubos idênticos, nomeadamente em prédios das classes mais abastadas. As investigações concluíram que o suspeito entrava nas casas pelas condutas de gás e sempre às primeiras horas da noite. Uma vida dupla Apesar de não detalhar a investigação, a polícia explicou ter descoberto a vida dupla de Yu, um jovem de 27 anos, de família da classe média, que confessou ter roubado artigos com um valor aproximado a 500.000 yuan (65 mil euros) em cerca de duas dezenas de casas e desde novembro de 2013. O agora detido, apelidado de ‘chefe Yu’ pelos seus familiares, era conhecido pela sua dedicação às pessoas mais desfavorecidas e deslocava-se diariamente a instituições de caridade. Desde o final de 2013 que Yu vivia num hotel de luxo e frequentava clubes e hotéis de requinte durante a noite, momento em que abandonava a sua ‘pele’ de boas maneiras para viver uma vida dupla como ladrão de casas.

A história do ‘Robin dos bosques’ da China tornou-se viral nas redes sociais depois da polícia o ter detido e acusado.

cm.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.