Aumento do IVA: O Primeiro-ministro estranha posição do MpD e do PR

12/12/2014 07:23 - Modificado em 12/12/2014 07:23

JMNevesPara José Maria Neves, a proposta do aumento do IVA é “precisamente para mostrar à comunidade internacional que Cabo Verde está a fazer um esforço fiscal interno para fazer face à situação e depois pedir mais apoio à comunidade internacional”. Daí, a proposta de aumento do valor do IVA.

 

Mas Neves estranha a posição do MpD e do Presidente da República em relação à proposta para ajudar na reconstrução da ilha do Fogo. José Maria Neves diz que aquando da apresentação da proposta ao Presidente durante as reuniões semanais e a apresentação ao MpD, nenhum deles colocou questões.

“Apresentei a proposta antes de ir ao Parlamento e não tive nenhum reparo. E, durante a conversa que tive com o Presidente, este não me apresentou nenhum reparo”, diz Neves.

“Falei com os sindicatos e com os partidos políticos e, nessa discussão, não mostraram oposição. Depois estranhei a discussão no Parlamento”, revela Neves. E acrescenta que o MpD não mostrou nenhuma objecção e afirmou que poderiam discutir e melhorar a proposta e que “achavam razoável que os cabo-verdianos fizessem um esforço para acudirem às necessidades”, faz saber o Primeiro-ministro.

Neves faz questão de relembra que os bens essenciais não pagam IVA. A proposta foi aprovada pelo Parlamento com votos a favor do PAICV e contra do MpD e da UCID.

  1. X men

    É só bandidagem. Os residentes da ilha do fogo não iam pagar IVA tambem? politicos, até quando o povo não abre os olhos para esta corja de sanguessugas que querem viver a custa do trabalho dos outros. Eles é que criam os terroristas, mais ninguem………..

  2. Junzim D'Morc

    A solidariedade não deve ser imposta, mas sim voluntária. Desta forma o Governo está a impor-nos que sejamos solidários. NÃO DEVE SER ASSIM SR. PRIMEIRO MINISTRO. E GARANTO-LHE QUE ESTA FOI A MACHADADA FINAL PARA PERDER AS ELEIÇÕES EM 2016. E eu até que me simpatizo com o Sr. e o seu governo. Mas assim não pode. Isso é meter a mão nos bolsos dos cabo-verdianos que em si estão nas últimas em termos de poder de compra.

  3. Macinha

    Mais uma das inverdades do JMN. Nao ha necessidade do aumento do IVA Sr Ministro. Pois vai sufocar as familias caboverdianas em especial as da Cha de Caldeiras. Este aumento so ira dar mais chance as pessoas que desviam o dinheiro do Estado para outras coisas em proveito proprio. Abre uma sindicancia no teu governo e veja quem sao os corruptos que estao enriquecendo a custa do Estado. E onde vai o dinheiro das doacoes da Uniao Europeia, 17 milhoes de contos, do cargueiro angolano que aterrou hoje

  4. Macinha

    E tem mais. Se o Sr faz orelhas moucas ao fundo de calamidade publica e porque vai usar na campanha eleitoral de 2016. Pois sabe que o povo esta desacreditado nas suas mentiras. Toma juizo

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.