PAICV do Sal: “Há muita coisa para vir à baila sobre a gestão de Jorge Figueiredo”

10/12/2014 07:12 - Modificado em 10/12/2014 07:12
| Comentários fechados em PAICV do Sal: “Há muita coisa para vir à baila sobre a gestão de Jorge Figueiredo”

jorge figueiredoO sector do PAICV do Sal está preocupado com a gestão autárquica da ilha. Isto após a Câmara Municipal do Sal (CMSL) ter sido condenada pelo Tribunal de Contas a restituir a quantia de 271.731 escudos por pagamentos indevidos entre 1 de Abril e 31 de Dezembro de 2004.

 

Nelson Figueiredo, primeiro secretário do sector do PAICV dos Espargos, afirma que o Presidente da CMSL não tem uma gestão transparente e isso justifica a condenação da Câmara Municipal do Sal, presidida por Jorge Figueiredo, por irregularidades referentes às contas de 2004.

Nelson Figueiredo disse à RCV que “a condenação refere-se ao período de Abril a Dezembro de 2004 o que quer dizer que ainda há muita coisa para vir à baila da gestão autárquica quando forem apresentadas as contas dos outros anos”. Por outro lado, o primeiro secretário do PAICV dos Espargos considera que houve uma resposta tardia por parte do Tribunal de Contas e, consequentemente, houve delitos que foram prescritos.

Por sua vez, o Presidente da Câmara Municipal do Sal em entrevista ao jornal ‘A Nação’ disse que “irá acatar a sentença, embora discorde dela”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.