Boavista: Procuradora põe fim a espectáculo e manda deter o músico Uziel Sança

23/07/2012 00:09 - Modificado em 23/07/2012 00:10

O músico, Uziel Sança foi detido na ilha da Boavista, numa altura que actuava numa actividade cultural. O artista está preso por ordem da procuradora regional na ilha da Boavista, que embargou a continuidade do espectáculo. Uziel Sança não aprovou o embargo dessa autoridade judicial e proferiu palavras que não agradaram a magistrada.

 

A procuradora da República, na ilha da Boavista mandou deter o músico, Uziel Sança. A detenção aconteceu na madrugada de domingo durante uma actividade que marcou a abertura do verão na ilha das dunas. O artista, natural da ilha do Sal foi convidado para actuar nesse evento que decorreu na praia de Diante, na vila de Sal Rei.

De acordo com o promotor do evento, Dadinho, o espectáculo terminaria por volta das 4 horas da manhã. Isto porque adquiriu uma licença, junto da Câmara Municipal da Boa Vista. Só que por volta da uma hora, a procuradora da República chegou a praia de Diante, na companhia de dois agentes da Polícia Nacional. A magistrada deu ordens a organização para encerrar a actividade. Por seu lado os responsáveis do evento evidenciaram esforços para dar continuidade ao espectáculo, que por essa altura contava com a actuação de Uziel Sança.

Segundo Dadinho “demonstramos  a Procuradora que o espectáculo estava a cumprir os requisitos legais, mas está disse que a CMBV, não tinha ordens para ceder essa praia. Foi durante essa conversa que mandou o Uziel colocar um ponto final na sua actuação. Porém este respondeu que a actividade estava a decorrer na normalidade, sem incidentes e que os boavistenses estavam a gostar do ambiente”.

Dadinho assegura que o artista não proferiu palavras ofensivas à procuradora da república, mas esta entendeu que Uziel deveria ser detido. O músico salense foi conduzido a Esquadra Policial e aguarda  para ser presente ao Tribunal da Comarca da Boavista, nesta segunda-feira. Uziel Sança, de 32 anos, nasceu na cidade de Santa Maria e em 2012 lançou o seu 1º Álbum intitulado Nha Stória composto por 12 faixas.

Quanto a autorização legal, o presidente substituto, da CMBV, Osvaldo Pires reitera que a edilidade em conformidade com o Instituto Marítimo Portuário autorizou a realização da actividade cultural, na praia de Diante, que assinalou a chegada do verão, a ilha da Boa Vista.

  1. quintino

    É o estilo do antigo regime, ou seja, voltamos ao partido único, onde não se podia manifestra, havia ordens para dispersão de grupos, …etc.
    O paicv tem os seus dias contados porque o povo de Cabo Verde não aceita nem nunca tolerou este tipo de controlo, intimidação e abuso de poder.

  2. CA

    Ela devia estar a precisar de alguma coisa e não foi satisfeito o seu desejo e teve essa atitude. foi só isso que aconteceu.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.