Primeiro país dos PALOP e nono em África no uso da internet

8/12/2014 10:33 - Modificado em 8/12/2014 10:33
| Comentários fechados em Primeiro país dos PALOP e nono em África no uso da internet

internetA taxa de penetração do uso da internet já atingiu 37,5 por cento em Cabo Verde, o que coloca o arquipélago no primeiro lugar nos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) e nono a nível da África.

De acordo com dados avançados pelo Núcleo de Operacional para a Sociedade de Informação (NOSI) à agência cabo-verdiana de notícias Inforpress, Cabo Verde subiu de 34,7% em 2013 para 37,5% a nível da taxa de penetração do uso da Internet.

Nos PALOP, o arquipélago é seguido por Angola (19,1%), Moçambique (5,4%) e Guiné-Bissau (3,1%), sendo que Guiné Equatorial e São Tomé e Príncipe não têm dados disponibilizados.

A nível da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), Cabo Verde está em terceiro lugar, ultrapassado por Portugal (62,1%) e Brasil (51,6%).

Os dados são da União Internacional das Telecomunicações (UIT) que, no seu relatório anual sobre Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), sublinha que Cabo Verde está entre os 10 países africanos com maior taxa de penetração do uso da Internet.

O país encontra-se atrás de Marrocos (56%), Seychelles (50,4%), Egito (49,6%), África do Sul (48,9%), Tunísia (43,8%), Ilhas Maurícias (39,1%), Quénia (39%), Nigéria (38%) e a frente do Sudão (22,7%).

A nível mundial, a lista é liderada pela Noruega (95,1%) e na cauda da tabela a Eritreia (0,9%).

De acordo com o NOSI, a UIT apresentou também neste relatório, que o número de usuários da internet cresceu 6,6% em 2014, ou seja, de 2,7 mil milhões de pessoas para quase três mil milhões, representando 40% da população mundial.

Entretanto, a África é o continente com a menor taxa de penetração de Internet: 19% das pessoas na região usam a rede, sendo que a UIT já se comprometeu a ter mais 1,5 mil milhões de pessoas conectadas à Internet até o final da década, através da iniciativa «Connect 2020».

 

abola.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.