A dieta da virilidade

8/12/2014 10:16 - Modificado em 8/12/2014 10:16
| Comentários fechados em A dieta da virilidade

15 alimentos que vão te fazer render mais na cama.

Legenda

Você ainda não conseguiu dar início à sua nova dieta? Então vamos dar uma (e só uma) razão que dispensa datas especiais para o incentivo à mudança dos hábitos alimentares: o sexo. O site americano Details preparou uma lista com 15 ingredientes da chamada “Dieta da Virilidade”. Confira abaixo quais são eles — e como vão te ajudar a causar uma boa impressão com as mulheres em 2013.

Melancia

“A fruta do verão é rica em citrulina, que – como a pequena pílula azul – estimula a produção de óxido nítrico e aumenta o fluxo sanguíneo no pênis, fortalecendo a ereção.”

Chocolate amargo

“Esse alimento é carregado de flavonóides que dilatam as artérias. Coma cerca de 50 gramas de chocolate amargo diariamente – essa é a quantidade, segundo pesquisadores da Universidade da Califórnia, que aumenta a dilatação dos vasos sanguíneos em mais de 10%.”

Cereja

“Estudos apontam que os flavonóides nas frutas vermelhas limpam as artérias dos radicais livres e as relaxam melhorando o fluxo sanguíneo.”

Ostra

“Sim, elas realmente são afrodisíacas. Ostra crua é a fonte alimentar mais rica em zinco e não somente aumenta o fluxo sanguíneo como também a produção de testosterona. Quando o nível do hormônio masculino cai, também cai a libido e a performance.”

Manteiga

“Estudos recentes mostraram que pessoas com um alto consumo de vitamina K2 – encontrada em bifes e produtos laticínios de animais alimentados com capim – têm cortado pela metade o risco de doenças cardíacas. E o que é bom para o coração é bom para a ereção.”

Amêndoas

“A amêndoa é fonte de vitamina E e aumenta a produção de óxido-nítrico, segundo o British Journal of Urology International. Um pequeno punhado algumas vezes por semana é tudo o que você precisa.”

Banana

“Não caçoe: bananas são ricas em potássio, que relaxam as paredes dos vasos sanguíneos permitindo uma melhor circulação sanguínea  no corpo. Além disso, ela dispensa o excesso sódio, mantendo a pressão arterial sob controle de acordo com um estudo publicado no jornal Hypertension. Vasos sanguíneos estreitos levam a um fluxo sanguíneo baixo, que leva à famosa falha.”

Alho

“O alho intensifica o fluxo sanguíneo para o pênis, aumentando a produção de óxido-nítrico e relaxando os vasos sanguíneos.”

Pistache

“Adicionar um punhado de pistache por dia à sua dieta pode melhorar a sua função erétil, satisfação sexual, função orgástica, desejo sexual e satisfação geral, de acordo com um estudo publicado no Jornal Internacional de Pesquisas sobre Impotência. Esse saboroso petisco é rico em arginina, que aumenta a produção de óxido-nítrico.”

Nozes

“O aminoácido L-arginina, do qual a noz é rica, é uma das bases do óxido-nítrico. Traduzindo: uma dieta que inclua esse fruto de casca rígida vai fazer você ficar com outra coisa rígida. De acordo com a Autoridade Européia para Segurança dos Alimentos você deve comer cerca de um quarto de xícara de noz por dia.”

Gengibre

“Livrando os vasos sanguíneos dos radicais livres e diminuindo inflamações, o gengibre relaxa as artérias e aumenta o fluxo sanguíneo. De acordo com um estudo publicado noJornal Internacional de Cardiologia, cerca de uma colher de chá algumas vezes por semana é tudo o que você precisa para obter os benefícios cardiovasculares do gengibre.”

Salmão

“Rico em Ômega-3, o Salmão promove a saúde erétil ao triplicar a produção de óxido-nítrico, segundo o jornal Fertility and Sterility. Os pesquisadores recomendam um grama de Ômega-3 por dia, que pode ser obtido com cerca de 100 gramas do peixe.”

Noz-moscada

“Um estudo sobre afrodisíacos naturais publicado no jornal BMC Complementary and Alternative Medicine descobriu que a noz-moscada aumenta a libido e a virilidade. Ela também contém ácido tetradecanoico, que tem sido relacionado com a produção do óxico-nítrico, a chave para uma ereção saudável.”

Azeite

“De acordo com um estudo revelado pelo jornal Lipids, o azeite ajuda a aumentar a produção de testosterona.”

Álcool

“Moderação é o segredo. De acordo com a pesquisa conduzida pelo endocrinologista de reprodução e professor da David Geffen School os Medicine, David R. Meldrum, uma ou duas taças de um drink por dia pode render efeitos beneficiais à função erétil. Vinho vermelho geralmente é o melhor, diz Meldrum.”

Espe

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.