Quebra –quebra no  Liceu Jorge Barbosa : agressões , cadeiras, carteiras, portas e vidros de janelas ficaram partidos

5/12/2014 08:18 - Modificado em 5/12/2014 08:18

liceu jorge barbosaA Escola Secundária Jorge Barbosa foi alvo de distúrbios provocados por alunos já identificados. Os alunos aproveitaram um corte de energia eléctrica para partir alguns vidros das janelas da escola. O mau comportamento dos alunos foi reprovado pela direcção da escola que promete mão firme, medidas drásticas para com os alunos que provocaram os tumultos.

Na Escola Secundária Jorge Barbosa, alunos com problemas de comportamento aproveitaram um corte de energia para realizarem actos de vandalismo. Cadeiras, carteiras, portas e vidros de janelas ficaram partidos e alguns alunos foram agredidos durante o arremesso das cadeiras e carteiras. Tudo aconteceu na quarta-feira, três de Dezembro, no último tempo na sequência de um corte de energia.

 

Segundo a directora Filomena Lima, os alunos já foram identificados e as medidas estão a ser tomadas. A direcção da escola promete mão firme contra os alunos reincidentes que desencadearam e provocaram a desordem no estabelecimento de ensino.

As medidas tornam-se mais gravosas pelo facto dos alunos infractores terem tido frequentemente comportamentos reprováveis noutras situações.

 

Embora a directora ainda não conheça a medida a ser tomada, afirma que será uma “medida drástica”

Para os alunos com problemas de comportamento, a direcção afirma que a tolerância é zero. Irá tomar medidas firmes até às últimas consequências estando cientes que as medidas tomadas servirão de exemplo para posteriores acontecimentos.

 

De acordo com a directora, os infractores são alunos que tiveram, noutras situações, várias oportunidades, foram chamados ao gabinete, tiveram acompanhamento através do gabinete de psicologia, procurando ajudar os alunos repetentes pela terceira vez, ou seja, em regime de matrículas especiais, com vários casos no conselho disciplinar.

 

Filomena Lima assegurou que a escola já elaborou um plano de acção como medida de prevenção para situações de mau comportamento. Com esse plano de acção, a directora acredita que situações do tipo não irão mais acontecer.

Contudo, a direcção assegura não ter apresentado queixa à Polícia, mas sabe que alguns alunos foram detidos pela Brigada Anti-Crime, BAC e garante que o concelho de disciplina já se encontra reunido para tomar medidas firmes.

 

  1. baldoque

    É uma consequência das medidas do Ministério da Educação e Desporto (Não é Fernanda Marques?). É grave que estes alunos com problemas comportamentais e que se sabe de antemão que não terão proveito nenhum fiquem a contaminar outros nos estabelecimentos de ensino. Tudo em nome da Inclusão. Inclusão uma OVA. Outros vão seguir o seu exemplo. Não acordem não. É Expulsar os alunos que os outros fica bem. Não esperem por aqueles porqe nunca terão sucesso.

  2. baldoque

    Qual é o PA (Plano de Acção?). Solicitar à Electra que não faça mais cortes naquele horário? Qual o plano? Verda a sua entrada na Escola sim seria um bom plano.

  3. meca

    a culpa e do Ministerio de Educacao que teima em manter alunos com 17 e 18 anos , do 8 Ano no Liceu com autorizacao superior. Deu no que deu, pois pois a meu ver o MED deve criar cursos profissionalizantes para estes alunos especiais que sao uma afronta aos professores e comunidade educativa.Nao aproveitam a chance de estudar numa escola publica e causam estragos nessa escola que os acolheu. E uma licao a Sra Ministra que cria leis em proteger os alunos e repreender os professores.

  4. atenta

    ESTA É CONSEQUENCIA DE UMA DIREÇAÕ DE BANANAS QUE NAÕ TEM PULSO FORTE PARA A LIDERANÇA .E ISO É SÓ O COMEÇO PORQUE PELO QUE VEJO A ESCOLA JORGE BARBOSA PELOS ULTIMOS ACONTECIMENTOS NEGATIVOS VAI DE MAL A PIOR. ESTA SENHORA QUE É A NOVA DIRECTORA DEVIA COMEÇAO A PENSAR EM SE DEMITIR.

  5. baldoque

    Notícias do Norte é o melhor Jornal on-line que existe. Continuem com o bom trabalho de informação. Bem-haja Notícias do Norte

  6. Lela Lopes

    Bsot de PAICV te prope desuriantod ma Dr Ulisses, bsot ti ta bem ganha so se for juizo!!!
    Bsot te manda na tud ne cabo verde, por isso bsot tem ke sai vencedor de tudo porque se que for assim bsot te manda tud gente de kel impreza pa rua.
    Grande democracia na Cabo Verde.

  7. Ulisses

    fico sinceramente estupefato com esses comentários e posso ver que quem o responsável de tudo isso não é mencionado aqui, pois os pais e encarregados de educação que não educam os filhos como deve ser e quem paga é a sociedade e as escolas . Oias de hoje em dia não educam os seus filhos, se fossem educados não fariam isso de cereteza, alias ate filhos de jornalistas já feriu colega nesssa escola enfim

  8. Mindelense

    No meu tempo, só se podia reprovar uma vez, não se tolerava este tipo de abusos, e o resultado era bem simples e evidente: melhores notas, e bom comportamento. Hoje, há regimes especiais para alunos desinteressados e mal educados, e o resultado está a nossa frente:fraco rendimento escolar generalizado e índices de vandalismo nunca antes visto. Ou seja, em vez de aprimorarmos as boas práticas, seguimos com este discurso populista da inclusão, e o resultado é este… escola = depósito de vermes

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.