CMSV apoia desalojados de Chã das Caldeiras com 2 mil quilos de géneros

27/11/2014 15:06 - Modificado em 27/11/2014 15:06
| Comentários fechados em CMSV apoia desalojados de Chã das Caldeiras com 2 mil quilos de géneros

cmsvA Câmara Municipal de São Vicente mostra-se solidária com as pessoas da ilha do Fogo afectadas pela erupção que continua a manifestar a sua fúria. Através da Casa Social, a CMSV irá apoiar os desalojados com vestuário, alimentos, fraldas, colchões e algumas vitaminas.

 

A população da ilha do Fogo carece de apoio de todos os cabo-verdianos. A união dos cabo-verdianos neste momento é indispensável. A Câmara Municipal de São Vicente ficou sensibilizada com os desalojados e quis dar o seu contributo à população do Fogo, sobretudo, às pessoas afectadas directamente com a erupção do vulcão do Fogo.

A Câmara de São Vicente vai apoiar com 2 mil quilos de géneros e lançou uma campanha de solidariedade através da Loja Social para ajudar os desalojados de Chã das Caldeiras.

Lídia Lima, vereadora de Acção Social da CMSV, diz mobilizar esforços para apoiar as famílias vítimas da erupção. Através da Loja Social, vai apoiar com vestuário, vitaminas, fraldas descartáveis, alimentos e colchões. Embora não consiga quantificar os alimentos não perecíveis, sabe que só em arroz conseguiu recolher 2 mil quilos.

O edil mindelense, Augusto Neves apela às empresas e à sociedade em geral para aderirem à campanha que ajudará a ilha do Fogo. O presidente pretende, juntamente com a população de São Vicente, fazer uma boa encomenda para a ilha do Fogo.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.