3º dia: as lavas abrandaram e Deus insiste em ser cabo-verdiano

26/11/2014 07:38 - Modificado em 26/11/2014 07:38

fogo sateliteEnfim uma boa noticia : as lavas abrandaram e vão parar a sua marcha nas próximas horas . O anúncio foi feito pelo geofísico Bruno Faria, do Serviço Nacional de Meteorologia, o mesmo técnico que tinha anunciado, dois dias antes,  as autoridades   que o vulcão do Fogo iria entrar em erupção . Uma  esperança que se quer que seja certeza . O dia de hoje  vai tratar de confirmar no terreno aquilo que já foi detectado pelos instrumentos do Serviço Nacional de Meteorologia e Geofísica . O filme de um dia com muita luta , dor sofrimento  mas com final feliz . Ontem dormimos preocupados depois de ouvir o primeiro-ministro nos preparar para o pior . Hoje dormimos inquietos mas esperançosos  que o geofísico tenha razão .

 

Bruno Faria diz que a emissão de lavas está a abrandar : “o cenário de catástrofe caminha para o fim”

15.48 – Geofísico Bruno Faria disse a RCV que as lavas expelidas pelo Vulcão do Fogo abrandaram e devem parar nas próximas horas. Estes dados resultam das últimas análise feitas a erupção. Para o geofísico “ esta é uma boa notícia. Porque no período da manhã tínhamos uma situação, com as lavas a deslocaram-se 24 metros por hora, que caminhava para uma catástrofe de grandes dimensões “. Mas os resultados do estudo feito ás 12 horas mostrava um abrandamento. Bruno Faria disse a RCV que “ não existe o perigo das lavas voltarem a acelerar. Isso ,só seria possível com outra erupção, mas com as lavas a seguirem outros caminhos “. Do terreno chegam informações do abrandamento das lavas. Um relato diz que na Chã, na zona de Portela, havia casas dadas como perdidas pois estavam no caminho futuro das lavas, mas que ficaram intactas porque a lava parou de correr nesse sentido. De acordo com este geofísico do Serviço Nacional de Meteorologia, a erupção está a entrar numa outra fase, onde vamos deixar de ter emissão de lavas e ter unicamente a emissão de cinzas, bombas, gases, material fragmentado. Bruno Faria assegura que em termos geofísicos “ o cenário de catástrofe que existia de manhã diminui e caminha para o fim”

 

Apenas 5% da Sede  Parque Natural foi destruída pelas lavas
A ministra da administração interna disse a rádio publica  que não corresponde a verdade que o  Parque Natural “ foi  tragado pelas lavas”. Informou que apenas cerca de 5 % foi destruído pelas lavas e os maiores danos foram provocados pela pilhagem.

A Ministra garante que algumas pessoas que foram presas devido a roubos praticados e que na Chã esta um contingente da PN para garantir a segurança dos bens das pessoas. Para Marisia Morais o plano de continência e o plano de emergência estão a ser cumpridos com o empenho de todas as forças e instituições. Referiu que não existem vítimas a lamentar e que se está a fazer o levantamento das perdas materiais.

A ministra acompanha amanhã o primeiro-ministro numa visita ao teatro das operações, na ilha do Fogo.

 

ICAO coloca  Cabo Verde sob alerta máximo e TACV suspende voos internos
A Organização da Aviação Civil Internacional emitiu um despacho onde coloca  Cabo Verde sob alerta máximo. Isto porque as cinzas vulcânicas são altamente corrosivas e podem afectar a segurança dos voo. A nível interno A TACV – CABO VERDE AIRLINES, comunica que os voos para S. Filipe, S. Vicente e S. Nicolau estão cancelados. A presença de cinza vulcânica em toda a zona oeste do arquipélago impede a realização dos voos, pois os riscos de danos graves nas aeronaves são altos, além também de elevada probabilidade de acidentes.

De acordo com o comunicado dos TACV a nuvem de poeira bazaltica com particulas de enxofre, afectada por ventos na direcção sul sudeste, dirige-se neste momento para as ilhas de S.Vicente e S.Nicolau.

Os voos para essas ilhas só serão retomados logo que a nuvem de poeira se dissipe. Já os voos Internacionais continuam normalmente e amanhã, serão apenas realizados os voos entre as ilhas Boavista, Sal e Praia.

 

Chã das Caldeiras: lavas atingem as casas e Protecção Civil ameaça retirar as pessoas a força
10.15m. A situação piora em Chã das Caldeiras com as lavas a atingirem as casas. A protecção civil diz que já não se pode fazer nada para salvar os bens das pessoas e ameaça retirar a força os que resistem. Para a protecção Civil “ acabou a sensibilização, vamos usar a força para retirar os que se recusam a sair “. AS 10 h o repórter da RCV no terreno dava conta de quatro bocas eruptivas que saltavam lavas pela Chã. Este aumento da actividade sísmica e a deterioração da situação no terreno faz temer o pior. Dados disponibilizados pelo Primeiro-ministro, ontem, dizia que a lava deslocava-se a 24 metros por hora, o que é considerado uma velocidade elevada para fenómenos do género.

 

Fogo: Depois da destruição da Sede do Parque Natural teme-se pela Adega
Após a chegada das lavas   a sede do parque é considerada pelas autoridades como perdida.  Teme-se , agora pelas adegas  onde estão depositados cerca de 100 mil litros de vinho.

 

Os danos derivados da erupção do vulcão do Fogo já são considerados colossais, estando a sede do Parque Natural considerada como perdida pelas autoridades. Luís Pires, Presidente dos Municípios do Fogo, assegura que os danos materiais são enormes e garante que o parque e os bens de sobrevivência da população sofreram estragos. Porém, as autoridades locais e nacionais estão a fazer o levantamento dos danos para solicitarem ajuda internacional.

A maior preocupação da Protecção Civil é com as pessoas que teimam em desobedecer ao bloqueio imposto pela polícia, sobretudo jovens que ultrapassam as barreiras para ajudar os idosos e amigos a carregarem os bens materiais. O responsável da Protecção Civil considera que a situação é de desespero e o medo de perderem os próprios bens leva as pessoas a não respeitarem as barreiras impostas pela polícia.

As vias de evacuação são cada vez mais escassas, avança à RCV, porém, afirma que na zona de Chã das Caldeiras já não há civis, mas sim agentes de segurança e funcionários do Parque Nacional, que conhecem os caminhos vicinais e poderão chegar em segurança aos Mosteiros.

 

 

  1. atenta s.vicente

    BOM TRABALHO ENGº BRUNO FARIA!! INFORMAÇÕES SEMPRE ACTUALIZADAS MESMO ESTANDO LONGE DO FOGO. A TECNOLOGIA EXISTE NA VERDADE PARA ESSAS COISAS!! OBRIGADA ENGº BRUNO POR ESSAS BOAS NOTICIAS!!

  2. José Rodrigues

    Queira Deus que, de mansinho, tudo comece a voltar ao norma, conforme vem agora no texto. Roguemos, também, a Deus, para que acalme a sábia mãe Natureza pois, ela não brinca quando trata de nos mostrar que, perante ela, não somos absolutamente nada, simples grãos de areias espalhadas nesse vasto espaço sideral.

  3. RAC

    Buena noticia !!!!!!!!! Felizmente ni personas lesionadas ,ni produccion de Vino perdida!!

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.