Fogo: Depois da destruição da Sede do Parque Natural teme-se pela Adega

25/11/2014 07:16 - Modificado em 25/11/2014 07:16

fogo7Após a chegada das lavas   a sede do parque é considerada pelas autoridades como perdida.  Teme-se , agora pelas adegas  onde estão depositados cerca de 100 mil litros de vinho.

 

Os danos derivados da erupção do vulcão do Fogo já são considerados colossais, estando a sede do Parque Natural considerada como perdida pelas autoridades. Luís Pires, Presidente dos Municípios do Fogo, assegura que os danos materiais são enormes e garante que o parque e os bens de sobrevivência da população sofreram estragos. Porém, as autoridades locais e nacionais estão a fazer o levantamento dos danos para solicitarem ajuda internacional.

A maior preocupação da Protecção Civil é com as pessoas que teimam em desobedecer ao bloqueio imposto pela polícia, sobretudo jovens que ultrapassam as barreiras para ajudar os idosos e amigos a carregarem os bens materiais. O responsável da Protecção Civil considera que a situação é de desespero e o medo de perderem os próprios bens leva as pessoas a não respeitarem as barreiras impostas pela polícia.

fogo9As vias de evacuação são cada vez mais escassas, avança à RCV, porém, afirma que na zona de Chã das Caldeiras já não há civis, mas sim agentes de segurança e funcionários do Parque Nacional, que conhecem os caminhos vicinais e poderão chegar em segurança aos Mosteiros.

  1. Dulcelino

    Em nome da Delegação do MED de Santa Cruz, queriamos atraves desta manifestar a nossa solidariedade a todos os foguenses em particular aos residentes da zona de chã.

    Que Deus lhes dê força e corragem para enfrentar esse momento.

    Queriamos ainda apelar a todos os educadores, colegas professores e coordenadores, da ilha que com a vossa mestria, ajudem as pessoas menos desfavorecida a ultrapassar esse momento de dor e de tristesa, em especial aos nossos queridos alunos.

    Um forte abraço.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.