Gatunos roubam animais no Madeiral

9/04/2012 01:27 - Modificado em 9/04/2012 01:27
| Comentários fechados em Gatunos roubam animais no Madeiral

Os criadores de animais em São Vicente tornaram-se alvos de assaltos. Desta feita os ataques aconteceram na zona de Madeiral. Segundo o que apuramos os assaltos acontecem de madrugada e de acordo com os criadores suspeitam-se que os assaltantes sejam indivíduos que residem nos arredores dessa localidade ou pessoas que dirigem ao Calhau para passeios.

A maioria dos criadores de porcos, galinhas, bois e cabras do Madeiral são comerciantes nesta ilha. O sustento das suas famílias depende da venda da carne dos animais. Mas, há alguns meses que alguns estábulos estão a ser assaltados. Os gatunos penetram nos estaleiros e levam os animais que estiverem ao seu alcance.

Segundo um criador de animais, o seu estaleiro foi assaltado no domingo e levaram dois porcos e quatro leitões. O criador estima que os prejuízos ultrapassam os duzentos contos. Porém apuramos que não são apenas os comerciantes que sofrem os assaltos aos seus estaleiros no Madeiral.

Um morador afirma “a minha vida depende das galinhas e das cabras que tenho. Mas nos últimos meses tenho tido enormes prejuízos, pois assaltaram o meu estábulo e levaram cerca de vinte galinhas e seis cabras”. De acordo com o morador ele e outros lesados já pernoitaram nos seus estábulos, porém ainda não conseguiram apanhar os gatunos.

Para uma comerciante mindelense para além de pessoas do Madeiral existem indivíduos da cidade que estão a viver a custas dos seus animais. Afirma que “a zona do Madeiral é um terreno apropriado para criação de animais. Mas já não aguentamos os sucessivos roubos aos nossos estábulos. Porque temos informações que larápios vindos da cidade deslocam-se em carrinhas de caixa aberta ao Madeiral e atacam os nossos estábulos e levam porcos, galinhas, bois e cabras”.

A comerciante acrescenta que certa vez assaltaram o seu estábulo e levaram um porco. Mas recuperou o seu animal num convívio realizado por um grupo de pessoas no Calhau.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.