Ribeira de Julião: Homem agredido e amarrado foi abandonado no matagal

18/11/2014 07:36 - Modificado em 18/11/2014 07:36

mAOS AMARRADAS (1)Um homem foi assaltado, amarrado e agredido violentamente por assaltantes na zona de Ribeira de Julião. O indivíduo ainda por identificar, foi amarrado nas mãos e nos pés com cordas provocando feridas profundas e inflamações por todos os membros.

 

O homem foi agredido por três homens encapuçados. A vítima   ficou com  as mãos e os pés amarrados de tal forma que  as cordas lhe   provocaram  feridas profundas, como se pode ver na foto . O NN ainda não consegui apurar os contornos desta história , mas pelas as imagens pode-se concluir que o homem esteve amarrado durante muito tempo. Só assim de justificam as feridas profundas nos braços nas pernas.

mAOS AMARRADAS (3)O facto aconteceu na  uma semana, na zona de Ribeira de Julião.

Esta zona tem sido um esconderijo para os assaltantes que aproveitam das pessoas que utilizam a zona para a pratica de sexo

Este é mais um caso de agressão na zona de Ribeira de Julião, depois de várias alertas das autoridades. Os assaltos são seguidos se agressão física.

 

 

 

mAOS AMARRADAS (2)

 

 

  1. informa

    boas fotos , a historia é k ba roba , um tchuk k ja era ja negociod qel carne , es pial as dal pancada , es ka tchoma plicia pk jas tinha feit ses justica,,, o sr e de fernandpo po , procura bo ta sab noticia dret

  2. Jota

    Aqui não aparece a senhora dos direitos humanos. Mas se esses selvagens tivessem sido surpreendidos pela Policia e lhes tivessem aplicado algumas bastonadas, aparecia aquela senhora dos direitos humanos, Ate parece que nesta terra os direitos humanos e só para os bandidos.

  3. roy roger

    polpa deve tá pior ainda. mania qes tem dba pa escur dá um cuzinha. cada um faze ses purqueria na se casa ou seja na se privacidade.

  4. Arlindo Santos

    O cidadão(ã) do bem não é abrangido pelo direito humano, então quando você pegar um bandido dá-lhe uma boa surra antes da polícia chegar, porque eles não têm pena de ninguém.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.