Operação Perla Negra: Xando disse que lhe pagaram 20 mil euros para ir buscar um carregamento de whisky na Baía das Gatas

13/11/2014 08:09 - Modificado em 13/11/2014 08:09

euroO NN continua a tentar apurar o que os suspeitos da “Operação Perla Negra” alegaram em própria defesa no interrogatório de arguido preso : assumiram ou negaram os factos imputados pelo Ministério Público? Isto numa detenção de seis pessoas onde quatro foram apanhadas em flagrante delito. Os dois tripulantes do iate, seguindo o provérbio cabo-verdiano que diz que boca mora na ladeira, visto que não foram apanhados na posse de droga, negaram o seu envolvimento.

 

Alexandre Borges, conhecido por Xando Badiu, também negou o seu envolvimento defendendo que “recebeu um pedido via telefone de um cidadão espanhol para ir buscar um carregamento de whisky na Baía das Gatas e que lhe pagaria 20 mil euros por esse serviço”. Xando disse que “hesitou muito em fazer o serviço, mas como a quantia a ser paga pelo serviço era elevada, decidiu usar a sua carrinha hyace para fazer o serviço”. O certo é que quando a PJ abordou os suspeitos na zona do Lameirão, o que estava dentro da hyace branca de Xando era cocaína: 521 quilos.

 

As metralhadoras G3 estavam guardadas há 20 anos

Em relação às duas metralhadoras G3 e munições que foram encontradas numa residência do arguido em Alto de São Nicolau, este defendeu-se dizendo “que essas armas foram entregues por um indivíduo há mais de 20 anos e que este nunca mais voltou para pegar as armas”. Na verdade, estranhou o aparecimento de metralhadoras G3, visto que é uma arma já obsoleta e de acordo com os entendidos “as G3, são de facto armas de grande poder de fogo, mas, são utilizadas nas matas e em casos urbanos ou marítimos são muito pouco úteis. Nada melhor que uma Beretta ou uma Uzi, bem oleadas, limpinhas, para fazer face às situações de ataque e defesa.

Aliás, os traficantes estão prontos a adquirirem armas mais certeiras e mais fáceis de transporte”. A fonte contactada pelo NN diz que “um simples teste de balística pode provar há quanto tempo as G3 não são usadas e a sua idade e origem”. Em termos da investigação, pode-se ou não provar se as armas foram usadas na operação. Em termos jurídicos e criminais, o arguido dificilmente foge ao crime de posse de arma de guerra.

  1. montanha

    NENHUM HOMEM PODE TRILHAR DOIS CAMINHOS AO MESMO TEMPO, OU SOMOS DO BEM OU SOMOS DO MAL. QUEM FAZ O MAL É MAU, QUEM FAZ O BEM É BOM. NÃO EXISTE MEIO TERMO ENTRE O BEM E O MAL. NINGUÉM PODE FAZER O MAL CONSCIENTE E DEPOIS FAZER O BEM NO INTUITO DE DISSIMULAR O MAL QUE ELE FAZ. PARA INTERESSES SUPERIORES DA HUMANIDADE PODEMOS FAZER UM MAL MENOR PARA SALVAGUARDAR UM BEM DE INTERESSE COMUM MAS NÃO PODEMOS SALVAGUARDAR INTERESSES INDIVIDUAIS E PREJUDICAR A MAIORIA. SEJAMOS FRONTAIS UNS COM OS OUTROS, NINGUÉM PODE ALIMENTAR OS SEUS FILHOS, SUSTENTAR A LUXURIA PRÓPRIA, O MATERIALISMO E A GANANCIA DOS SEUS FAMILIARES/AMIGOS E DESTRUIR A MINHA, A DOS MEUS AMIGOS/COLEGAS, ETC. ACREDITEM, UM HOMEM PODE CAIR, UMA INSTITUIÇÃO COMO A POLICIA JUDICIARIA NUNCA CAÍ!

  2. xandin

    oh XAND, mnina! kasta de desculpa mas esfarrapód ê ess? se um carregament de wisky de salamansa atê Mindelo ta fcá pa 2 mil e tal contos e bo ka ta desconfiá? loreta já sentób pel éh. emdjor ê bo falà snão já bo psu nhondénga.olha que quem avisa, aviso é.

  3. CidadaoCV

    Pois é … O xando é o cara mais “nocento” deste mundo. Recebe cerca de 2 mil contos para ira buscar um carregamento de Whisky as tantas da noite na Baía da Gatas? E vai convencido que se trata de Whisky?, por aquele preço? … Que quantidade de Whisky vale 2 mil contos só pelo transporte? E porque o “Whisky” não foi descarregado no cais normalmente como outras mercadorias? … Conta outra, Xando, porque esta não cola! …

  4. de fora

    publiquem as fotos

  5. João Caldeira

    20.000 € por um frete de 1h ou 2h?!

    Vejamos: 1.º) 20.000 euros correspondem a 2.000 contos cabo-verdianos (2.000.000$00), isto é, +/- 182 ordenados mínimos;

    2.º) Alguem que seja remunerado ao salário mínimo (11.000$00) e que trabalhe 8 h/dia durante 22 dias úteis, vende a sua hora de trabalho por 12,50$00;

    Facto: O cidadão comum teria que despender 182 meses (15.2 anos) da sua vida a trabalhar debaixo de sol e muita fumaça para conseguir tal quantia;

    Pena mínima de prisão: 15.2 anos

  6. ATENTO

    OH XANDIN I SI FOSSE UM BOMBA BO TI TA BA BUSCAL???? CONTA A VERDADE TENHA CARATER PELO MENO UMA VEZ NA VIDA…

  7. Benvas

    Advogado la ê pilota propi, dja dadu balúrdio pa começa estória di carochinha (que inocentes que todos são) ma stal bom fladu ê si “trabadju”…

  8. Professor de João Ca

    João Caldeira, deves ser mais um esperto típico sonvicentino, ou armado em esperto. Para já vou ensinar-te a calcular/converter €/$. 1€=110,265$, isso quer dizer que ele ia receber, ou recebeu nada mais que 2.205.300$. Agora sim, podes fazer o teu calculo de novo. Não sabes converter moeda estrangeira em moeda nacional mas “aplicar” penas de prisões. Nem para idota serves…

  9. Professor JOÃO CA-CA

    mais um comentário badiuísta…que raio, pá!! há gentinha por aí que quer acicatar conflitos santiago s.vicente, por tudo e por nada. se o assunto está sob investigação e em segredo de justiça, deixemos as instituições fazerem o seu tabalho!! elas são mais capacitadas do que qualquer João Ca-ca!!… paremos de blá blá, para alimentar polêmicas!. o blá blá não conta para nada. contam os termos da acusação a ser feita pelo ministério público, as alegações da defesa e o despacho do juíz.

  10. João Caldeira

    Oh seu idiota, fique a saber que sei mais de câmbio do que tu sabes. Sei qual é a paridade fixa do escudo face ao euro (o banco compra-te cada euro por 110$26), no entanto eu, para fazer os cálculos, optei pelo valor de 1€ por 100$00 porque prefiro trabalhar com números arredondados. Agora como és um burro daqueles que se armam em expertos, achas que tens gabarito para ser meu professor. A tua sala de aula é um curral!

  11. migranha

    Este rapaz es educado, nada arrogante , trabalha , nao como os outros comparsas q sao basofos , desagradables , me sorprendi. Quem foi el de la idea ?? Nao creo q fue inocente , pero sim q foi otro
    el autor de estos planes , otros le metio la minhoca y fue ……..fu…e…..fu……

  12. Antonio Monteiro

    Recordar as autoridades que nos anos 90 foi efectuado um grande roubo de armas de diversos tipo e calibres nos armazéns de armamentos do Morro Branco e nessa leva contava o desaparecimento de vários G-3. O mentor deste roubo foi um jovem soldado efectivo do Morro Branco na altura nativo da ilha de São Tiago.
    Conseguiu-se recuperar algumas dessas armas (aqui em S. Vicente que se encontravam na posse de alguns comerciantes, (vendedeiras ambulantes) da ilha de Santiago residentes em S.Vicente.

  13. P/ J Ca

    Oh seu parolo, achas mesmo que percebes mais de cambios do que eu? Sou teu professor si, teu mestre, teu doutor nesta esta. Para ti sou Sr. Doutor, e varre-me o chão que eu piso. Tenha cuidado com mais conversas porque eu sei quem tu ês e tu não sabes quem eu sou. Aviso dado.

  14. Oi caboverdianos tem cusas mas importante de da opinion pa djuda nos otoridades desvenda caso de q fica ta insulta cumpanhero cu palavras ou quem e mas dotor asim nhos ca sta djuda nada mas sim trapadja si nhos ten nhos ropas sujo nhos bai labal notu lugar nhos dos q asim ninguem ca meste sabi ok irmaos caboverdianos

  15. Observador

    1 comentário sobre transporte q se tornou em qualquer coisa como… Wall Street

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.