Mindelenses apreensivos com os 109 tripulantes de quarentena ao largo de St. Luzia

7/11/2014 06:59 - Modificado em 7/11/2014 06:59

ÉbolaAs notícias de dez  barcos de pesca  provenientes da Libéria retidos em Santa Luzia, tornam a trazer à baila o assunto do ébola no meio mindelense. A Libéria é um dos países africanos onde a situação é bastante delicada. Mas as autoridades sanitárias tomaram medidas perante a situação. O ébola é uma preocupação das autoridades da ilha, assim como também da população. A certeza é que o ébola não pode entrar no país pois “seria um problema muito grave”.

 

Neste aspecto, as pessoas contactadas pelo NN sentem que as autoridades estão a fazer um bom trabalho para impedirem ao vírus de entrar na ilha. Mas o sentimento é que todo o cuidado é pouco. Para Jorge Nascimento, o ébola é um problema que preocupa mas sente que “se até agora não entrou nada no país, quer dizer que as autoridades estão a fazer um bom trabalho”. Este é o sentimento de vários entrevistados como, por exemplo, Kelvin Delgado que acrescenta que ficou satisfeito por saber que todos estão a trabalhar para que a situação seja controlada.

Mas existem outros que estão preocupados , como uma comentarista do NN que escreve : “Será que S. Vicente tem Polícias marítimos suficiente para patrulhar esse tempo de quarentena? Estamos correndo grande risco de contaminação… E no caso de algo vier acontecer, será que nossos hospitais possuem meios suficiente para lutar contra esse flagelo???”

Outros apontam o dedo ao Governo . “  Os 10 barcos não saíram de Serra Leoa a toa (desde do passado mês de Outubro que estavam devidamente autorizados para entrarem nas águas de Cabo Verde). A verdade é que foi uma decisão política (para agradar a cooperação chinesa, que em abono da verdade, tem sido um parceiro privilegiado de cooperação), e sem consultar as estruturas de saúde, que à última  foram literalmente avisados. Agora é rezar para que nada aconteça, porque senão já sabem…. O Governo da Praia não terá nenhum problema em colocar São Vicente de quarentena…ninguém entra e ninguém sai.

O certo é que a presença dos barcos ao largo de Santa Luzia  com 115 tripulantes não tranquiliza os mindelenses  que prefeririam que os barcos não estivesse tão perto do Mindelo . Isto apesar das autoridades garantirem que  “está tudo sob controlo “

  1. É, nas horas de grandes desafios para o país a Praia porque tem mais população já não serve para se fazer a quarentena desses barcos. Quem serve é Mindelo. Para mamar a verba da China para construir o Campus Universitário a Praia é prioridade porque tem mais população. Mas para assumir a desgraça e os riscos duma doença grave o critério mais população e mais meios técnicos de saúde a Praia já não serve. Quem serve é Mindelo. A quarentena da tripulação podia ser feita ao largo do porto da Praia.

  2. atenção artur. Os barcos vem para cabnave, como podem ir para praia, se cabnave fica so em s, vicente? mais atenção pessoal…

  3. de acordo

    Artur tens toda razão, a republica de santiago quer que em caso de haver ebola nos barcos que a população mindelense seja dizimada para poderem vir colonizar com suas gentes. é uma aberração a china mandar pra quarentena os estudantes caboverdianos mas nós não podemos mandar os barcos chineses pra quarentena. triste sina de um criolo mesmo!

  4. criolinha

    O governo deveria trabalhar muito bem nesse aspecto,porque ébola é uma coisa muita seria e preocupante,imagina só ,não temos bagagem suficiente para sustentar essa doença ,muito cuidado é sempre pouco, sem falar nessa nossa area hospitalar que é uma alastra,se esse virus entrar, somos uns pobres cuitados acerca dessa matéria.Nos de S.vicente, estamos todos indignados com esta situação,seria um paz de tranquilidade para nos todos se estes oriundos da africa não entra-se na nossa terra de paz .

  5. Inga

    Credo nha povo os barcos de certeza não foram retirado/desviados do largo do porto da Praia para ser enviado para Santa Luzia só e somente para ficar perto de SV. Pq não escrever ideias simples, como chamar reforço de policia de Santiago, SA..Fogo para ajudar na quarentena dos barcos pq quem tem a ganhar é todo CV, acreditem ou não ninguém esta interessado em acabar/povoar SV Deus não ha de querer. Gente negatividade atrai negatividade que gera morte. fica a dica.

  6. Badio 100%

    Isso é para todos os São vicentinos antes de tudo é bom que conhecem a vossa historia antes de falar bobagens, São Vicente antes pertencia ao concelho de Santo Antao, foi desanexada dele em Março de 1852. Antes do seu povoamento a ilha de São Vicente servia se de campos de pastangens para alguns agricultores ou proprientarios das vizinhas outras ilhas de Santo Antão e São Nicolau.A primeira tentativa foi em 1795-1797 com gentes da ilha do Fogo, trouxeram vinte casais e cinquenta escravos, mas devido a constrangimentos de varias ordens, como pricipalmente falta de chuva, o resultado foi totalmente negativo.Houve uma outra experimentação de povoar a ilha com cinquenta e seis casais trazidas da vizinha ilha de Santo Antão em 1819, dessa tentativa, depois de poucos anos ou seja no ano de 1821 a ilha tinha cerca de 295 pessoas. Curiosamente nomearam a povoação de Leopoldina

  7. Oi Natalino. A quarentena não tem nada a ver com a reparação dos barcos. Esta só acontecerá depois da quarentena. Por isso, porque a Cidade da Praia tem mais população e porque a Cidade da Praia tem mais médicos, mais enfermeiros, mais Ministra da Saúde, mais Director Geral da Saúde e mais laboratórios e mais Infarma e mais Emprofac é que a quarentena devia ser feita lá. Depois de todos os testes à tripulação rumariam para a Cabnave. Sabe como é a Praia, a Badiulândia só quer mamar o que é bom

  8. cambadas de ignorant

    agora os barcos deviam vir para cabnave , cá na praia.oh tanta gente a falar sem saber, cambadas de ignorantes. será o que o jornalista escreveu , o sentimentos dos “mindelenses”?

  9. raiva

    Temos de dizer STOP a entrada destes africanos ème cabo verde .
    Cabo verde nem deveria estar a autorizar a entrada destes barcos nas nossas ilhas ,eles os politicos estao nas tintas pelo povo caboverdeano entao cabe a nos mesmos fazer alguma coisa ,juntarmos nas ruas e ddizer Nao Nao Nao chega cansamos dos vossos desleixo .O que querem é dinheiro e mais dinheiro para os vossos bolsos e o povo nem vê o dinheiro pq so tem miseria em cabo verde.
    Agora vao legalizar todos aqueles que estao ilegais ?

  10. raiva

    Ebola vai chegar em sao vicente se continuarem a receber estes barcos de africa .na europa proibiram a entrada de certos paises e pq cabo verde continua agindo assim ?pq expoe o seu pais a um risco enorme como este ?pq expoe?pq pq?pq tanta irresponsabilidade ?pq tanta falta de respeito perante ao seu povo?pq estao deixando esta gente entrar em cabo verde sem respeito pq?estao com o rabo prezo ?assinaram contratos e agora o povo é que vai pagar ,ai tem coisa suja .foram negociar com corruptos?

  11. opiniao publica

    Meus caros usuarios o nosso pais nao esta preparado para receber essa doenca. Sabem porque? So aqui em sao vicente temos 5 capas de protecao
    -na cidade da praia temos mais 5. E para um turno de 24horas precisamos de 90 capa; so para terem uma nossao. Eatamos todos perdidos se no meio dos 109 pessoas estiver alguem com o virus. O nosso pais ainda nao tem condicoes para combater esse fragelo. Que deus esteja conosco.

  12. raiva

    Nunca precisamos de negociar com africa pq sao conhecidos pela corrupcao,desde que esse partido entrou so temos tido problemas .deveriam os jovens criar um novo partido pq nem Paicv e nem Mpd sao correctos so pensem nos seus bolsos e.pq deixar estes barcos entrar se corremos um gd risco?pq?era pa proibir a entrada pq se ebola chegar em cabo verde tamos perdidos e vamos perder muita gente amada e os politicos estarao bem longe e seguros ,façamos qquer coisa e chega de aceitar tudo com medo somos

  13. raiva

    Somos livres e em cabo verde existe democracia e temps de lutar pa continuar para nao sermos como aqueles paises de africa onde ninguem tem o direito de exprimir . Eles estao à espera do que para manda-los embora de caboverde ?tao a espera do pior ?parem de querer mostrar que temos condicoes para esta doenca ,pq naotemos .pode nao sobreviver ninguem.pq legalisar esta gente se so temos problemas graves com eles?pq?qual o objetivo?nós estamos fritos ,foi a pior coisa,fazer negocios com africa.agem

  14. Meus amigos so S:Nicolau deveria responer,no matriz de N.S.Rosario,Concelho de S:Nicolau a ilha de Santa Luzia encontra inscrito,portando esta ilha pertence a nos e nao voces,para com isto vos estas todos enganados,que faca uma consulta.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.