Moradores reclamam da falta de higiene na zona

7/11/2014 06:57 - Modificado em 7/11/2014 06:57

bebê_jogado_lixo_cpa_3_cuiabáAlbertina Sousa, moradora da zona de Fonte Filipe diz que todos os dias lida com o facto de ter lixo à sua porta porque, segundo ela, as pessoas não colocam o lixo no horário de recolha dos carros do lixo e isso faz com que os cães fiquem a mexer nas bolsas, espalhando o lixo pelas ruas.

 

“As pessoas deviam esperar a chegada dos carros de recolha do lixo para poderem colocar o próprio lixo e não esperar que estes se vão embora para fazerem isso”, explica esta moradora.

Segundo ela, esta pode ser uma problemática tanto a nível da saúde pública como de imagem da zona e, na sua óptica, a Câmara Municipal deve fazer mais esforços para sensibilizar a população.

Maria Sousa diz que as pessoas devem ter a noção do quanto é desagradável e podendo mesmo chegar a ser perigoso para todos os moradores da zona, ressaltando o facto de que a Câmara Municipal deveria fazer alguma coisa para resolver esta situação que é patente não só na zona de Fonte Filipe, mas também noutras zonas de São Vicente.

Estas opiniões são partilhadas por outros moradores que dizem que as pessoas levantam-se cedo, independente se é dia de recolha do lixo ou não, e deixam o lixo na rua e depois, os cães espalham o lixo pelo chão tornando perigoso para a saúde pública.

Na opinião de Etelvina Sousa, funcionária de limpeza pública da Câmara Municipal, as pessoas não ajudam a manter a zona limpa: “as pessoas colocam o lixo a torto e a direito”, sem respeito pelos outros, deixando a zona com uma vista desagradável e não conseguimos mantê-la limpa porque as pessoas não ajudam”.

Os moradores esperam que as pessoas tenham noção do que está a acontecer e que tomem medidas porque senão, todos serão prejudicados, porque o lixo espalhado pelas ruas pode causar várias doenças e todos serão afectados.

  1. Boss

    O problema da recolha do lixo em sv é grave. Por um lado convém dizer que a câmara municipal até esta a fazer um bom trabalho pois, normalmente vai aos bairros 2 ou 3 vezes por semana. O problema reside no facto de a mentalidade dos caboverdianos ser de sujar e não importar com o seu bairro. lixos nas rua cães que vasculahm nos lixos todos os dias ve se por ai espero k a mentalidade de colocar lixo na rua mude!

  2. fredson

    Porque tonte catchorr na rua ? No tem rua suja só pamod no ca cre elimina bitche. Bitche na rua ca ta sirvi nada nada nada, é só dsgraça !

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.