Barcos vindos da Serra Leoa ao largo de Santa Luzia: DG da Saúde anuncia medidas a tomar

6/11/2014 07:25 - Modificado em 6/11/2014 07:25

ebolaO director geral da Saúde  vai anunciar ,hoje, que medidas vão ser tomadas em relação a tripulação  dos dez barcos de pesca provenientes da Serra Leoa  que desde ontem estão ao largo da ilha de Santa Luzia .

 

Este online  sabe , que após  muitos encontros  e discussões , vão ser adoptados os procedimentos  aprovados por Cabo Verde para casos de passageiros que tenham estado em países afectados pelo vírus da Ébola . Ou seja a quarentena durante 21 dias . Como vai ser montada a quarentena  em termos técnicos não conseguimos apurar. O que apuramos é  que o Director geral da Saúde andou numa roda vida de encontros para mobilizar todos os meios para fazer fase ao problema levantado  com entrada dos barcos em águas territoriais cabo-verdianas que tinham como destino a CABNAVE , local utilizado pela frota chinesa que opera na costa ocidental africana . A Capitania dos Portos  não confirma  a presença dos barcos  em Santa Luzia   afirmando  que “ não pode comentar nada sobre esse assunto “.

Mas  o NN  sabe que a confirmação foi dada as várias instituições que estiveram nas reuniões ; Delegacia de Saúde, CMSV, Polícia, Bombeiros, Forças Armadas  para que estivessem preparadas para accionar os procedimentos no caso da quarentena ser decretada. Na reunião de ontem ficou decidido que o  director geral da Saúde faria , hoje , uma comunicação pública sobre o assunto.

  1. aparorado

    Anunciar medidas hoje????? NAO SERIA ALGO QUE JA DEVERIA ESTAR DETERMINADO, pelo que entendi se ebola chegar hoje a cabo verde nao temos um plano, NAO ESTAMOS PREPARADOS???? ISSO É PREOCUPANTE, ALARMANTE!!!!!

  2. Anete Vital

    Barcos de pesca vindos da longincua Serra Leoa. A mim não me enganam.
    Abram bem os olhos que o perigo não é so Ebola e se acreditarem nisso estão mesmo com pancadas na bola. Façam trabalhar o vosso ultimo andar.

  3. Manel de Táta

    Se fosse uma obra de vulto ou dinheiro oferecido para construir por exemplo um campo de futebol moderno ou uma universidade? seria na Praia não é? mas como são barcos com suspeitas de doença, São Vicente é que tem falta para os receber?
    Tome vergonha Srs. Governantes !

  4. Santos, Kuvuk

    Não Sei o que os Governantes pensam e pretendem agir à esta epidemia face a um perigo real!!! Cabo Verde não está e não tem como receber e colocá-los em Quarentena, porque pode colocar em risco a vida de 0.5 milhões de habitantes nesses 10 grãonzinhos de Terra a desaparecer….Na minha Opinião acho que Cabo Verde é o único país que é confiável aos seus “vizinhos” que por sua vez podem ser o ponto de partida para deixar-nos imobilizados a esse contágio que seria um “copy-paste” de S.Ant á Brava

  5. Maria José

    Como os doentes vao para S. Vicente, o Sr. Primeiro Ministro autorizou. Se fosse para Praia ele nao iria autorizar. Ouviram a comunicacao dele ontem?

  6. Santos, és muito perspicaz e gosto do teu comentário. Mas será que estamos todos cegos? O que nos tolda a visão, nos inebria e não nos deixa ter o discernimento necessário em certas matérias, tão importantes para o futuro deste País e dos nossos filhos? Se isto acabar bem e Cabo Verde não sair altamente prejudicado, venham buscar-me. Coloco a minha própria cabeça na guilhotina.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.