Magistrados cabo-verdianos expulsos de Timor: Presidente da República de acordo com Ministro das Relações Exteriores

6/11/2014 07:22 - Modificado em 6/11/2014 07:22
| Comentários fechados em Magistrados cabo-verdianos expulsos de Timor: Presidente da República de acordo com Ministro das Relações Exteriores

Presidente da República_Jorge Carlos FonsecaO Presidente da República Jorge Carlos Fonseca considera que deverá haver inteligência, sensatez e lucidez nas soluções perante a ordem de expulsão de magistrados cabo-verdianos de Timor-Leste. Jorge Carlos Fonseca acrescenta que os magistrados cabo-verdianos que foram expulsos têm pautado pela prudência e preocupação em conhecerem rigorosamente o impacte das medidas decretadas pelo Governo de Timor-Leste.

 

Em nome das boas relações entre os dois Estados, o Presidente da República está de acordo com o Ministro das Relações Exteriores e defende que “deve haver inteligência, sensatez e lucidez nas soluções que melhor correspondam àquilo que é legítimo por parte dos nossos concidadãos em território timorense”. O Presidente da República confirma que existe essa boa relação e argumenta que quando esteve recentemente em Timor e em contacto com o Presidente timorense e o Governo, estes fizeram elogios aos magistrados cabo-verdianos, afirmando que o desempenho deles é bem positivo.

O Chefe de Estado de Cabo-Verde, Jorge Carlos Fonseca, disse à RCV que tem contactado os magistrados cabo-verdianos de Timor-Leste e garante que estes optaram por uma postura de prudência e reserva, assim como os magistrados cabo-verdianos estão com a preocupação de se informarem melhor sobre o alcance das medidas decretadas pelo Governo timorense.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.