Agressão na Escola Semião Lopes: Gestor diz que foi apenas “uma correcção”

4/11/2014 07:22 - Modificado em 4/11/2014 07:22

COOKIE2O Gestor da Escola Semião Lopes nega que o professor tenha agredido o aluno e considera que foi apenas “uma medida de correcção.”

 

Sobre o caso do professor das disciplinas de Língua e Música da Escola Semião Agostinho Lopes, Bela Vista, que agrediu um aluno com um soco na boca depois de o ter ofendido verbalmente, o Gestor da Escola, António Silva, confrontado com os factos pelo NN, considerou que a situação ocorrida na escola não deverá ser considerada como “um acto de agressão mas sim de correcção”. O mesmo considera ainda que a situação não foi nada anormal, até porque os pais encarregados de educação não compareceram na Direcção da Escola para apresentarem queixa. Quem tem uma opinião diferente é o pai da criança e as pessoas que viram a criança com a boca inchada. O encarregado de educação diz que ainda não tinha apresentado queixa porque tinha ido a escola para falar com o professor, antes de tomara qualquer decisão. Mas como não o encontrou ia, hoje, falar com o gestor da escola.

COOKIE2O NN sabe que a Inspecção Escolar já tem conhecido desse caso e que está a averiguar os factos.

 

 

 

 

 

.

 

 

 

 

 

 

  1. Calú

    Agora é soco na boca para educar?

  2. Aluno

    Este aluno tomou bom soco na boca assim ele e outros colegas deixam de gozar com o professor. O professor sente-se humilhado pelos alunos que o chamam de nome e que é desastroso, chegando até a palpa-lo aquilo debaixo das calças.

  3. s vicente

    Sr gestor,medida de correcao,com soco na boca???? Tambem,existe,cada um,a frente das instituicoes educativas,sem conhecimento de causa!!E a educacoa no seu melhor.Haja paciencia.

  4. Carla Delgado

    Bofatada na boca dés marginal qe cá tem iducasson na casa!!!!

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.