VBG: homem arrepende-se e é perdoado pela mulher

31/10/2014 07:32 - Modificado em 31/10/2014 07:32
| Comentários fechados em VBG: homem arrepende-se e é perdoado pela mulher

violencia_sexual1O Tribunal da Comarca de São Vicente condenou um homem a dois anos de pena suspensa por ter agredido e partido objectos da casa onde residia com a companheira.  Isto porque foi perdoado pela queixosa e mostrou arrependimento.

 

O Primeiro Juízo Crime procedeu à leitura da sentença de um processo-crime que acusava um cidadão de 33 anos de agressão contra a sua companheira e de ter partido objectos da casa onde viviam há cerca de 12 anos.

O caso aconteceu no primeiro dia do mês de Agosto do ano em curso, na zona da Ribeira Bote. Em Tribunal ficou provado que o homem alcoolizado arrombou a porta e tentou recolher os objectos da casa. A companheira tentou impedir mas o arguido acabou por partir os referidos objectos domésticos e agredir a vítima.

Perante o Tribunal, o arguido confessou os factos e declarou-se arrependido e que já tinha conversado com a ex-companheira e pedido perdão. Prometeu ao juiz que a situação não voltaria a repetir-se.

A ofendida reconhece que no dia dos acontecimentos o ex-companheiro estava sob o efeito do álcool, mas que não aceita tal situação uma vez que tudo aconteceu na presença da filha de ambos.

A mesma mostrou desejo de perdoar o ex-companheiro tendo em conta que a situação aconteceu uma única vez e que o arguido não costuma ter comportamentos do tipo, embora os dois se envolvessem, regularmente, em conflitos gerados pelos ciúmes de ambos.

Embora o arguido tenha sido perdoado pela ex-companheira e o juiz tenha levado em conta a confissão e o arrependimento, e por ser réu primário, este não escapou a uma pena de dois anos de prisão convertidos numa pena suspensa de dois anos.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.