Ministro da Justiça: a violência é esporádica e não do sistema

31/10/2014 07:27 - Modificado em 31/10/2014 08:02

José Carlos CorreiaO Ministro da Justiça, José Carlos Correia falou sobre o Estado da Justiça em Cabo Verde na abertura do Fórum sobre “A produção Legislativas e o Acesso à Justiça em Cabo Verde”, na cidade da Praia, no dia 30. O Ministro  considerou que em  Cabo Verde  a violência é esporádica e não do sistema.

 

Mas a realidade parece ir contra o responsável pela pasta da Justiça : só em  São Vicente este ano registaram-se  sete assassinatos a maioria deles violentos  e deve –se considerar mais três assassinatos atribuídos a Zezinho Catana . A juntar aos crimes de sangue surgiram os assaltos a mão armada com recurso a armas de fogo e violência gratuita  Os jornais  apresentam todos os dias uma realidade diferente da realidade cor de rosa  que o ministro veste a violência .

 

O Estado da Justiça é um tema que ainda dará muito pano para manga e já houve várias intervenções e opiniões sobre a justiça em Cabo Verde. Assim na Assembleia Nacional já foi tema de debate em que os deputados acusam-se à procura do culpados e dos cúmplices, 1º Ministro confrontado com o aumento de pena em Cabo Verde solicita cautela e pede a mobilização da sociedade no combate ao crime. O Ministro da Justiça, por sua vez, em defesa a sua pasta diz à RCV que “que as nossas leis são as mais modernas do mundo. Porém resta saber se a sua aplicabilidade está conforme com a dita modernização. “José Carlos Correia sublinha que é precisamente neste ponto onde se deve trabalhar.

 

O Ministro da Justiça assume que tem existido algumas falhas no processo educativo, da socialização e da integração social, mas garante que Cabo Verde é uma comunidade de paz e o Ministro da Justiça considera que a violência é esporádica e não do sistema, logo que “ continuaremos a cultivar a Cultura da paz” e não permitir que o medo se instale na sociedade. José Carlos Correia apela a sociedade que não se intimide perante situações que possa colocar em causa a liberdade de acção.

 

  1. Atento

    É preciso muita cara de pau….

  2. imperador romano

    Paciência Sr. Ministro, o você é uma desilusão, aliás desiludiste-me desde quando eras padre.

  3. Macinha

    O Ministro e os camaradas tem seguranca 24 h por dia. E o ze povinho que paga impostos e trabalha no duro fica ao Deus dara

  4. Maria José

    Sr. Ministro Nhu bai la pa ondi nca crê manda nhô. Até ta parci ma Nhô ê burro. Pa ondi fica formason teológico di Nhô? Ondi sta um di kês dez mandamento di Lei di Deux ki fla pa ka Minti? Paxenxa propi.

  5. Eugénio Delgado

    Quero ver se este ministro vai falar assim quando a desgraça bárbara de assassinato chegar à porta dele ou dos seus familiares. Este ministro estã dando uma de doido para não dizer outra coisa.

  6. migranha

    Sr m, ya hay estadisticas donde las personas han sido asaltadas mas de un vez!! Logo vc sabe q la misma cimente donde nace la criminalidad es para la corrupcion , abra os ojos la DESIGUALDAD (en el bolso, y otros derechos sociales nao atendido, etc) en la sociedad esta profundandose , pero nao para capitalismo , sino para una medocracia ……

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.