Lígia tomba directores da cadeia da Ribeirinha e abala sistema judicial

29/10/2014 07:34 - Modificado em 29/10/2014 07:34

cadeia de ribeirinha_jas 2A reclusa Lígia Furtado ao reclamar direito  de estudar fez tremer o sistema judicial .  Ao querer fazer um curso de direito levantou suspeições sobre quem tentou fazer cumprir lei. Já fez cair e ir parar a cadeia um director da presidio da Ribeirinha ; outro pensa em demitir-se . Um director- geral  foi demitido e outro detido   um juiz está na linha de fogo por lhe conceder uma licença para ir estudar . Parece que tudo que  está relacionado com a reclusa traz problemas e azares . Se o sistema judicial e prisional não consegue resolver  os problemas criados , que tal um defumador ou água benta? As vezes resulta , não ?

 

A confirmar-se a demissão de Jair Duzenta do cargo de director da Cadeia da Ribeirinha é o segundo director da cadeia que caí com Lígia Furtado como pano de fundo. E mais estranho: os factos apontam que a reclusa não fez nada para que isso acontecesse. No primeiro caso que levou a prisão de Manuel Cândido ex director da cadeia da Ribeirinha o nome de Lígia surge como subornadora que por essa via teria recebido favorecimentos da direcção do presídio, onde se incluía estudar em regime de frequência de exames. Um processo judicial que acaba por ser decido pelo juiz Antero Tavares, que agora se cruza de novo com um processo ligado a Lígia ao despachar favoravelmente um pedido para ela se matricular e frequentar a Universidade Lusófona, mostra a inocência de Manuel Cândido e o não envolvimento de Lígia num esquema de corrupção na cadeia de São Vicente. Por via desse processo o ex. director da cadeia de São Vicente vai comer “ o pão que o diabo amassou” até conseguir voltar ao seu trabalho: Ou seja a um presídio onde foi director, preso e agora agente prisional. Mesmo assim espera a decisão do Supremo Tribunal em relação ao pagamento dos seus salários enquanto esteve afastado.

Por seu lado Lígia ao ser inocentada requer ao Tribunal a autorização para ir estudar. Os pedidos andaram mais de dois anos entre o Tribunal do Sal e o de São Vicente até se saber qual era o tribunal competente para decidir sobre o pedido. Uns achavam que devia ser o Tribunal do Sal onde ela foi julgada e condenada, no fim prevaleceu a decisão que o tribunal competente devia ser o da Comarca onde a condenada estava a cumprir a pena. E aqui os caminhos de Lígia, do juiz Antero Tavares vão se cruzar de novo: é o mesmo juiz que não deu por provado a acusação do Ministério Publico de corrupção ao director da cadeia de São Vicente por parte de Furtado que vai ter que despachar sobre o pedido para ela estudar.

`Mas os problemas de Lígia vão continuar a ir desembocar no juízo crime presido por Tavares. Isto porque o despacho vai ser suspenso pelo director geral dos serviços prisionais e o juiz vai ter que agir para fazer prevalecer a sua autoridade. E pelo caminho entra o actual director da Cadeia da Ribeirinha, que deu nota positiva ao comportamento da reclusa, que acabou detido por ordem do juiz. E por via disso, informou aos seus colaboradores mais próximos que se vai demitir. Se tal acontecer será o segundo director desse estabelecimento prisional a cair porque Lígia Furtado saiu-lhe na rifa. Na Ribeirinha corre o rumor que tudo que envolve Lígia “indispõe os peixes graúdos na Praia ”. Mas diga-se em abono da verdade que desta vez o problema é que o despacho autorizando Lígia a voltar a universidade  saiu “ na hora errada e no local errado “. Trocado por miúdos: numa altura em que o crime organizado tinha golpeado de forma cruel a Justiça e o Estado de Cabo Verde e a PJ revidava e abria a caça ao crime organizado, uma das personagens mais mediáticas condenada por tráfico de droga, associação criminosa e lavagem de capitais saía todos os dias do presídio para ir estudar direito numa universidade …. Era uma afronta intolerável “. Parece ser este o pano de fundo por detrás de um despacho judicial que poderia ser colocado em causa  por vias legais  sem montagem do circo que se assistiu a volta deste caso. O rei vai nu….certamente.

  1. mario ferreira

    o rei anda nu ha anos.nos e que andamos a dormir e nao tinhamos dado conta dessa nudez.Este Pais alem de andar nu esta totalmente deprimido.Abram a radio nesses dias em que estes aldraboes parlamentares estao reunidos e tenham logo uma depressao das profundas.Mas enfim nem vale a pena alongar sobre as merd que acontecem neste triste pais

  2. SANDRA

    ESSA LIGIA FURTADO NEM TEM PERFIL PARA FAZER SEJA QUAL FOR O CURSO QUANTO MAIS DE DIREITO.UMA TRAFICANTE QUE SE CALHAR DEVE TER NAS SUAS COSTAS MUITOS ASSASSINATOS . ESTAÕ A DA-LA MUITA IMPORTANCIA NOS MEIOS DE COMUNICAÇAÕ SOCIAL .ELA QUE VÁ ESTUDAR QUANDO SAIR DA CADEIA .

  3. aleida miranda

    Cada dia fica mais claro o nível de corrupçãp na justiça neste país.Justiça funciona só para coitados . Para os graudos e os traficantes nesta terra os advogados e juizes de Cabo Verde correm atraz deles por causa do dinheiro que sabem vão ganhar. Os juristas, advogados e juizes deste pais só querem vida boa e dinheiro no bolso para ezibirem casa e mulheres , garotas de um lado e do outro. Depois é só ve-los no parlamento de cara podre defendendo a justiça. SÓ PALHAÇADA NESTA< TERRA.

  4. stephany marques

    ESTUDA E ESS,ELA TAVA PENSA EM ESTUDA ANTES DE SER TRAFICANTE,AINDA MAS ESTUDA DIREITO, PARA QUE ,DEFENDER.SE A SI MESMA,ESS TERRA LI TE PIRDIDE.SO NOIA

  5. indignada

    se ess bandida pode ba pa cadeia e saí dala licenciada, enton, es estudant q ta bem pa universidade na soncent podia cometê um crime qualquer e ba pa cadeia, es tava fca ta morá d graça na cadeia, ta cme d graça, xei d direitos e regalias, es tava so pagá propina e ainda es podia usufruí d escolta policial, qê um cosa q ti ta fazê tud cidadão do bem falta. Isto è…qel propina es tava pagal se nenhum juiz decidi qes tinha direito a isenção!!!!

  6. REVOLTADA

    Sinceramente, esse é um prova que lei na cabo verde é feito em beneficio dos criminosos e não das pessoas do bem. Inacreditável mesmo, é um vergonha fazê um curso de direito pk na final é pa beneficia criminosos, das mas força. enfim… QUE PAIS É ESSE? É A PORRA DE CABO VERDE

  7. formação

    Pessoal o mais pior é que o famoso ZÉ CATANA ja pedio para formar em medicina para melhorar as tecnicas, ele vai estudar medicina e a outra lei é normal

  8. Sampadjud

    Ess xtoria dess Ligia kre ba faze ess curso de direito nada mais é ke um astucia dela pe xtuda e conxé constituiçao e leis de CV para no fim ela bem tenta otxa um brecha ness justiça dnox (nao seria surpreendente) ke p ao inves dela cumpri kix 17one el t ba cumpri so metade ou menos…..Ma enfim, é um direito dela sel kiser faze um formaçao academica enkuant tt cumpri pena..
    Ahh e te dsid Ze catana tita ba entra na escola de hotelaria e turismo EHTCV pe faze curso de culinaria

  9. atenta s.vicente

    Ess ligia quase tem mel na boca!! ela tem boca tão doce tud na ela te dá certo. jal consegui corrê k dois directores de cadeia. um des dia ela te fcá logo directora lá ne cadeia. SINCERAMENTE !1 bsot tem k pol peso porque ela te ne jogada e forte!! JOGADA DELA E DÁ MILHA. ESTUDÁ DIREITO PA KEM? PE BÁ DEFENDÊ DROGA?? BO TE PROB CONTENTE LIGIA. FCÁ LÁ ATÉ BO DIA TCHEGÁ BO TE SAÍ BO TE BÁ FAZE TUD O K QUIZER!! ESTÁDÁ DIREITO POR LINHAS TORTAS!!! KKKKKKKKKKKKKKKKKK

  10. Djarfogo

    Não podemos fazer nada porque, quem manda na terra do cego é o vesgo.
    O Juiz Antero Tavares, agiu de má fé , sabendo que não há quem o manda punir. ele é o machado que corta toda carne e esmaga ossos.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.