Portugueses próximos de ‘Jihadi John’

27/10/2014 07:40 - Modificado em 27/10/2014 07:40
| Comentários fechados em Portugueses próximos de ‘Jihadi John’

estado islamicoAlguns jihadistas portugueses na Síria estarão ligados à realização e promoção dos vídeos de propaganda do Estado Islâmico, incluindo os que mostram a decapitação de reféns, revelou o ‘Expresso’.

De acordo com fontes das secretas europeias citadas pelo semanário, os jihadistas lusos da chamada célula de Londres fazem parte “do círculo mais próximo” do terrorista conhecido como ‘Jihadi John’, o britânico que decapitou os norte-americanos James Foley e Steve Sotloff e os britânicos David Haines e Allan Henning.

Ainda segundo as mesmas fontes, os jihadistas portugueses não participaram diretamente nas execuções dos reféns, mas ajudaram a produzir e divulgar os vídeos através da eficaz máquina propagandística do Estado Islâmico.

Entretanto, numa altura em que se fala do possível regresso a Portugal de “dois ou três” jihadistas arrependidos, o MNE Rui Machete revelou na sexta-feira que “mais de 300” combatentes europeus do Estado Islâmico regressaram aos seus países de origem nos últimos meses.

 

cm.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.