Estudantes do Norte consideram construção do Campus Universitário na cidade da Praia um acto de bairrismo

27/10/2014 07:23 - Modificado em 27/10/2014 07:23

estudante universitarioOs estudantes universitários entrevistados pelo NN consideram que a escolha da cidade da Praia para a  construção do campus universitário, é um claro sinal de bairrismo.

 

A escolha da construção na cidade da Praia do campus universitário não caiu bem aos ouvidos dos estudantes universitários do Mindelo que consideraram ser um claro sinal de bairrismo.

Susana é estudante no ISCEE e veio da ilha do Sal para estudar. A mesma, considera que a situação foi discutida apenas pelos deputados e pelo Governo. Poderiam ainda fazer melhor e de forma mais justa, fazendo um pequeno inquérito aos cidadãos cabo-verdianos para obterem uma decisão mais justa sem darem sinal de superioridade e de claro bairrismo.

Sidney Gomes, de Santo Antão, estudante do 3º ano do curso de Engenharia na Universidade Lusófona, adiantou que o facto da ilha de Santiago ter um maior número de alunos universitários, não explica a decisão de construir o campus universitário na cidade da Praia, mas sim um acto que a capital quer mostrar que tudo aquilo que vem de bom deverá obrigatoriamente ser desviado para a cidade da Praia.

Alzira, estudante na Universidade do Mindelo, defende que o campus universitário também poderia ser construído na ilha de São Nicolau que se situa a meio caminho das outras ilhas e mostrar-se uma escolha mais justa. A cidade da Praia tem todas as condições mas quer sempre mais.

“Uma vez construído o campus universitário na ilha de Santiago, o objectivo do Governo é canalizar o dinheiro dos pais dos estudante das outras ilhas para a Praia. O Governo de Cabo Verde tem vindo a mostrar claramente que quer tornar as ilhas do país em colónias da Cidade da Praia”, explica Romeu Alves estudante universitário da ilha da Boa Vista.

  1. Mindelense

    Há deputados do grupo parlamentar do PAICV, que sabem que o projeto será financiado pelo governo chinês, e que o mesmo teria de ser feito aqui em S. Vicente. Em conversa pessoal com um deles, este mesmo deputado já se sentia incomodado de que já havia rumores de que havia e gente querendo deslocar o projeto para Praia. Este é o momento de os deputados de todos os partidos políticos de S. Vicente, juntarem e reivindicarem o que já estava aprovado para S. Vicente. É agora que eu quero ver mesmo!!!!

  2. E a saga a Mamança continua. A Badiulândia não está satisfeita com o facto de ter mamado a Escola de Turismo à ilha do Sal. Agora quer mamar é o Campus Universitário à ilha e São Vicente com o argumento de que a Praia tem mais população e que tem mais doutorados e licenciados. O que o eterno mamador dos bens de todo o Cabo Verde esquece é que a maioria desses doutorados residentes na Praia é das ilhas de São Vicente e de Santo Antão.

  3. Isso tudo é culpa dos deputados do norte deste país que não defendem os interesses da ilha ou ilhas onde foram votados. Caso queiram mudar alguma coisa ou obrigar o Governo a fazer o campus em São Vicente é só os deputados do norte votarem contra o próximo orçamento do Estado em Novembro. Assim fica resolvido para sempre essa mania da Badiulândia de mamar os bens das outras ilhas.

  4. E a saga a mamança continua. A Badiulândia não está satisfeita com o facto de ter mamado a Escola de Turismo à ilha do Sal. Agora quer mamar é o Campus Universitário à ilha e São Vicente com o argumento de que a Praia tem mais população e que tem mais doutorados e licenciados. O que o eterno mamador dos bens de todo o Cabo Verde esquece é que mais de metade dos doutorados residentes na cidade da Praia é das ilhas de São Vicente e de Santo Antão.

  5. Isso tudo é culpa dos deputados do norte deste país que não defendem os interesses da ilha ou ilhas onde foram votados. Caso queiram mudar alguma coisa ou obrigar o Governo a fazer o campus em São Vicente é só os deputados do norte votarem contra o próximo orçamento do Estado em Novembro. Assim fica resolvido para sempre essa mania da Badiulândia de mamar os bens das outras ilhas.

  6. Anonimous

    Chupa Chupa Chupa tudo para a praia e a saga continua….praia tem sim mais gente do que qqr ilha mas essa gente que diz ser inteligente e que esta MAMA o dinheiro do povo no parlamento nao ve que em SV se concentram mais estudantes vindos de todos os cantos de CV, e em SV que esta a melhor univerdidade de CV o DECM embora deixado no esquecimento pela Uni-CV pelo facto de nao estar na praia. E de nao esquecer que é de SV que são formados os profissionais que depois sao ca pescados para praia.

  7. valter

    os deputados não trabalham para o povo das ilhas, mas sim para os partidos. Aqui não há discussão sobre o que é melhor para as ilhas do nosso Cabo Verde mas sim O QUE É MELHOR PARA O PARTIDO!

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.