DGSP suspende despacho do juiz e proíbe Lígia Furtado de ir à escola

22/10/2014 07:51 - Modificado em 22/10/2014 07:51

cadeia ribeirinhaA Direcção-Geral dos Serviços Penitenciários suspendeu a aplicação do despacho do 1º Juízo do Tribunal da Comarca de São Vicente que autoriza a reclusa Lígia Furtado a estudar fora da Cadeia da Ribeirinha.

 

O NN sabe que na nota enviada ao director do presídio, a DGSP pede para suspender a aplicação do despacho até que o juiz  “ esclareça se a reclusa ao sair do presídio tem ou não o acompanhamento de uma escolta”. A nota adianta que “se a reclusa tiver que sair acompanhada de escolta, a Cadeia da Ribeirinha não tem condições para fazer isso”. O documento já foi enviado para o Tribunal de São Vicente e as saídas da reclusa foram suspensas.

O advogado de Lígia Furtado diz que a questão da escolta “é uma falsa questão, porque o despacho do juiz é claro ao conceder à reclusa uma licença para estudar fora do presídio. Assim como se concede a outros reclusos que, reunidas as condições, são autorizados a trabalhar fora do presídio ou àqueles que só cumprem pena ao fim-de-semana e não são acompanhados por escolta quando estão fora do presídio”. Outro advogado contactado pelo NN diz que não conhece a nota da DGPS, mas “não entende como é que um acto administrativo, como a nota da DGPS, pode anular um acto judicial, um despacho de um juiz”.

Resta saber qual vai ser a reacção do 1 º Juízo do Tribunal de São Vicente que viu a sua decisão judicial ser suspensa  por um acto administrativo.

Desde o dia 10 de Outubro que a reclusa está a frequentar as aulas na Universidade Lusófona e sai do estabelecimento prisional sem escolta. Sai no período da manhã regressando ao meio-dia e sai no período da tarde voltando antes das 18:00 horas.

 

  1. Gisela

    Adé, ma casta d’côsa é esse????? Unton um tita ta trabaiá honestamente pa sustentá bandido na cadeia na vida boa?. El ta na hotel ou qué?????? unton el ta sei plumanhã, el ta voltá meio dia el ta bá almuçá dpôs el ta bá jantá e dormi ????? já agora bsot pol ta trabaiá també, ké mim nha imposto kis ta tram arbitrariamente um ka kre pa ser usod pa kis fim lá.

  2. bernardete furtado

    Homens da lei e da justiça Caboverdeano Jesus na Sua Infinita Misericordia vai entrar no coração de cada um de vós Ele que é Juiz de Universo Inteiro para que a justiça seja o mais breve possível, assim como pedi Nossa Senhora do Treviso que tirou São Jerónimo do corrente de mãos e pés do supulco de cadeia para ir encontro da Ligia assim também Ela como Juiza de Universo vai resolver todas estas tempestade, Ligia Furtado podem nos tirar tudo mais Cristo Redentor do mundo ninguém nos pode tirar.

  3. PAXENXA

    Autorizar uma traficante de droga, pertencendo a máfia para se ausentar diariamente para ir estudar fora da prisão?isso só em CVerde que os juizes/advogados estão todos de conluio com a mafia permitem isso.PAXENXA TERRA PERDIDA E DEPOIS QUEIXA-se que a Justiça não funciona aí se funcionasse!

  4. Jose Pinheiro

    Daqui ha dias o Zezinho Catana pede para sair para “matar” outros inocentes. Quem diz ele, ha outros que estao a espera dessa bendita Lei caboverdiana. So em Cabo Verde é que se houve dessas coisas.

  5. Cabo verdiano

    Ma oké k iss??? Ess é um anedota sem piada kum te tita alé né ? Um pensa bandidos tava bai era pe cadeia mas quase é pe hotel mesmo ! Mim tchame bem traficá tb !!!

  6. fatima santos

    E por isso que Cabo Verde ti te ba pa traz e governantes ti te dze ele ti te ba pa frente porque algeum tem que estod te mete dnher na bolso que pe es situacao li pode contece porque quela que estuda antes?e porque quela tem direito de sei de cadeia pe ba estuda asim tud gente cre ser bandid ,la ne cadeia bo tem cafe ,almoco e jantar de borla direito a sei pe faze o que bo cre e dpois um cama pe durmi.txeu pessoa que te tra um dia de traboi oneste katem nem metade disto.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.