O que você deve saber antes de fotografar o seu júnior

20/10/2014 08:34 - Modificado em 20/10/2014 08:34
| Comentários fechados em O que você deve saber antes de fotografar o seu júnior

Está pensando em mandar uma selfie íntima para ela? Lasciva explica os cuidados necessários ao fazê-lo, pois essa é uma estratégia perigosa.

selfie-íntima

Tanto faz se seu pau é grande, grosso, simétrico ou robusto. Aquela foto em close dele ereto – seja totalmente à mostra, ou apenas do volume dentro da cueca – dificilmente vai servir para conquistar sua paquera.

Segundo pesquisa divulgada pela rede social de encontros amorosos Victoria Milan, a maioria (72%) das mulheres rejeita fotos de pênis.

Garotas costumam se excitar muito mais com os tão batidos elogios (nem que sejam aqueles bem sacanas), e se atraem por contextos.

Por isso, qualquer clique mais safado, via de regra, só é bem vindo depois que vocês adquirem intimidade e têm abertura para isso.

Aliás, se a imagem estiver num contexto – com o tesão em seu rosto e o pau em segundo plano, ou sua silhueta destacada à meia luz, deitado à cama, por exemplo – maior a chance de mexer com a imaginação dela.

A OCASIÃO CORRETA

Mas vá com calma. Pergunte antes de enviar. Talvez ela nem esteja interessada em ver seu pau pelo celular. Até porque é perturbadoramente constrangedor receber fotos não solicitadas, fora de hora.

Você não sabe quem está ao seu lado, enquanto trocam mensagens pelo Whatsapp – vai que ela está com a família, no meio do ônibus lotado, ou pior, em ambiente de trabalho? Uma brincadeira dessas pode prejudicar a pessoa, e ser motivo para ela te bloquear para sempre.

E, por mais que homens adorem imagens de genitálias abertas e bumbuns arregaçados diante da câmera, elas preferem retratos sugestivos, da face, onde se pode notar sua expressão de desejo.

Mesmo que a gata seja super exibicionista e vocês estejam mandando ver no sexo verbal via celular, ainda assim vale fazer cerimônia antes de mandar aquele clique do seu amigo em riste. A não ser que ela peça.

AS OUTRAS OPÇÕES

Uma ou outra fotos mais safadas têm o seu valor e podem servir para incentivá-la a se soltar. Nem que seja só por garantia – quando a garota se expõe, é importante oferecer uma contrapartida, para que ela se sinta mais segura.

Homens com peitoral musculoso e barriga tanquinho podem dar ênfase a tais qualidades.

Às vezes, o pênis nem precisa aparecer na imagem. A mera sugestão (como cortar do quadril para baixo, com pentelhos à mostra) muitas vezes é até mais eficaz para deixá-la excitada.

Então, caso você esteja disposto em corresponder à altura na hora da troca de selfies pelo Whatsapp, tenha em mente as seguintes dicas:

#1 Capriche nos cliques

Se pretende fazer um registro do seu pau ereto, nem pense em entrar no banheiro com o celular na mão e baixar as calças sentado no vaso. Escolha uma boa luz, teste diferentes enquadramentos e crie um contexto. Evite deixar o pênis em close – inclua seu corpo, ou até mesmo seu rosto na imagem.

#2 Comece devagar

Não saia mandando foto do seu pau logo de cara. Priorize fotos do seu rosto. Ou, se quiser ousar um pouco mais, inclua na imagem outras partes do corpo, como o peitoral, braços, barriga. Deixe a brincadeira ir esquentando, aos poucos.

#3 Não exagere nas selfies

Narcisismo e culto ao corpo em excesso podem indicar certo vazio por dentro. Pegue leve na egolatria, ou pode pegar mal.

#4 Escolha bem o momento de enviar

Aguarde-a pedir fotos suas, no calor do momento. Ou, se achar que rolou o clima adequado para mandar uma foto sua mais safada, ao menos pergunte antes de enviar. Caso ela demonstre que está mesmo interessada em receber seus registros íntimos, selecione sua melhor foto. Então espere sua reação, antes de mandar outras.

 

elhombre.com.br

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.