Novo diploma de bonificação das taxas de juro e casas passam a ser quase para todos

20/10/2014 07:15 - Modificado em 20/10/2014 07:15

juroO Governo implementou um novo diploma de bonificação das taxas de juros para as famílias que adquiriram as habitações das classes B e C.

 

Depois  do Governo ter dispensado as famílias a recorrem ao crédito, agora é a vez de anunciar o novo diploma de bonificação das taxas de juros. As famílias que foram seleccionadas para as classes B e C, ficaram agora mais aliviadas e menos preocupadas com os juros. O Banco deverá reavaliar os créditos de acordo com o novo diploma de bonificação de taxa de juros implementada pelo Governo com o objectivo de tornar mais acessível a compra das habitações Casa para Todos.

O contrato de compra e venda com reserva de propriedade com pagamento de rendas mensais a título resolúvel na IFH, veio facilitar as famílias na aquisição das habitações.

Para Ângela que tencionava desistir da compra, o novo modelo foi um um alívio. Embora para ela as habitações continuam a um preço muito alto para as condições que oferece, de qualquer modo com o fraco poder financeiro dos cabo-verdianos, é impossível construir uma casa de raiz a curto prazo, por isso  promete fazer todos os esforços para conseguir adquirir a habitação.

António acredita que o novo diploma de bonificação de juros favorece as famílias tornando mais flexível o orçamento familiar com filhos ainda a estudar e com despesas de várias ordens.

Com o novo modelo as famílias com rendimento de 0 á 60 mil escudos vão pertencer a classe A, sendo a classe B entre 60 á 120 mil escudos e C de 120 a 150 mil escudos.

Para as famílias seleccionadas a receberem as suas habitações em São Vicente, com o novo diploma de bonificação e que desceram da classe B para a classe A e de B A e A passarão para o complexo na Ribeira de Craquinha.

Segundo Paulo Soares, presidente do Conselho da IFH, “eram muitas as dificuldades apresentadas pelas famílias em adquirir as habitações. As mesmas não conseguiam adquirir financiamento no Banco porque estavam endividadas, daí a criação de novas soluções para facilitar a comercialização das casas”. O mesmo garante que com o novo diploma de bonificação das taxas de juro paras famílias que adquiriram as classes B e C poderão pedir reavaliação do crédito e então será mais fácil o acesso as habitações.

 

 

 

  1. Mateus

    2016 está a porta

  2. Carlos Silva - Ralão

    Gostaria da seguinte informação: Para quem ganha entre 50 a 60 mil escudos por mês líquido, qual será a mensalidade que o banco vai descontar?

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.